Barra Cofina

Correio da Manhã

Cultura

PORTALEGREROMÂNTICA

As cerca de 15 mil pessoas que sábado à noite assistiram ao espectáculo de Júlio Iglésias no novo Estádio Municipal de Portalegre renderam-se por completo ao cantor, que ali actuou gratuitamente como forma de ajudar os bombeiros da região a minimizarem os prejuízos decorrentes dos incêndios do ano passado.
5 de Julho de 2004 às 00:00
A receita apurada, da qual se deduzirão os 400 mil euros de despesas logísticas, será conhecida ao final do dia de hoje.
Se durante a primeira metade do concerto as manifestações mais efusivas de agrado eram ainda tímidas e as pessoas se mantinham sentadas, limitando-se a aplaudir, a partir de sensivelmente meio da actuação, o rtimo falou mais alto e a dança foi contagiando todos. Gritos de apoio, braços no ar e exclamações de satisfação sempre que Júlio interpretava um êxito mais antigo, ajudaram a aquecer o ambiente.
‘Criollo’, ‘Nathalia’ e ‘Ni Te Tengo Ni Te Olvido’ foram as quatro primeiras das 26 músicas programadas, mais quatro num ‘encore’ que para responder à insistência do público que teimava em não arredar pé.
Ao longo do espectáculo – em que o público presente abrangia todas as idades –, Julio Iglésias interpretou ainda vários temas do seu mais recente disco, ‘Divórcio’, nomeadamente ‘Corazon de Papel’, que embalaram os presentes, o mesmo acontecendo com ‘Manuella’ e ‘La Comparsita’, verdadeiros ‘clássicos’ do repertório do cantor romântico espanhol.
Num concerto em que alguns problemas de som obrigaram a paragens no meio das músicas, Iglésias manteve, como sempre, diálogos com o público, entre o qual se encontrava milhares de espanhóis.
E, obviamente, que, como antigo guarda-redes do Real Madrid, não podia esquecer o futebol. Após desejar a vitória da selecção portuguesa, o cantor declarou que Luís Figo deve ser considerado “o melhor jogador dos últimos 20 anos”. Saudoso, lembrou ainda Amália Rodrigues.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)