Barra Cofina

Correio da Manhã

Cultura
3

PORTO JÁ OUVE JAZZ

Com a actuação do quarteto de Jimmy Scott, de 78 anos, figura mítica do jazz pela voz quase feminina e pela forma declamatórica de cantar, arrancou ontem, no Teatro Rivoli, o Festival de Jazz do Porto.
28 de Setembro de 2003 às 00:00
Jimmy Scott
O estilo único de Scott passa pelo lado mais emocional das letras, marcadas por um tempo sabiamente atrasado e pela forma como omite as sílabas. Scott começou a cantar jazz em 1949 na orquestra de Lionel Hampton e tornou-se desde logo conhecido pela sua voz efeminada e pela forma pessoal de interpretar os temas. A estranha voz deve-se a uma insuficiência hormonal que também lhe afectou o crescimento.
Após vários anos de afastamento devido a problemas com as editoras, Scott regressando às actuações ao vivo e aos discos na década de 90.
CHICK COREA ENCERRA
O Festival de Jazz do Porto prolonga-se por vários fins-de-semana entre Outubro e Novembro. A 3 de Outubro actua o quarteto do saxofonista italiano Rosario Giuliani e a 4 o pianista americano Edward Simon com o seu trio.
A 17 actua o grupo inglês The Perfect House Plants, e, no dia seguinte, a portuguesa Maria Viana e os irlandeses The Brian Irvine Ensemble.
Novembro acolhe, dia 1, os concertos do quinteto do pianista Pedro Guedes e dos ingleses do Liam Noble Group, e o encerramento do evento, a 18, é feito com chave de ouro com o trio de Chick Corea.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)