Barra Cofina

Correio da Manhã

Cultura
3

Portugueses animam Marés Vivas

We Trust lançaram os Bush e os Smashing Pumpkins. Os americanos Beware of Darkness falharam o festival
19 de Julho de 2013 às 01:00
'Time (better not stop)' foi o tema dos We Trust que mais levou o público ao rubro
'Time (better not stop)' foi o tema dos We Trust que mais levou o público ao rubro FOTO: Rui Bandeira

As portas do festival de verão da praia do Cabedelo, em Vila Nova de Gaia, abriram às 17h00. Ansiosas por entrar estavam cerca de 200 pessoas, que correram de imediato ao recinto do Marés Vivas.

E foi aí que tomaram conhecimento da primeira falha no cartaz do certame. O grupo norte-americano de rock alternativo Beware of Darkness não estava presente para atuar, já que perdeu o voo em Barcelona (Espanha) que o iria levar até ao Porto.

"Conheço a banda, não sou grande fã, mas é pena que não tenha vindo, pois enquadravam-se bem no festival", diz ao Correio da Manhã Pedro Alves, que tem bilhete comprado há mais de um mês.

O palco secundário do Marés Vivas abriu as hostilidades às 18h00, com o intuito de animar e aquecer os festivaleiros que iam chegando à praia. No palco, os Throes + The Shine e os portugueses Glockenwise deram o mote para o arranque da festa, que prosseguiu no palco principal com a outra banda nacional.

Os We Trust entraram em ação às 21h30, uma hora depois do previsto, devido ao cancelamento do concerto dos Beware of Darkness.

"Acabou por ser uma mais-valia, quer dizer que vamos ter mais pessoas a assistir", confessa ao Correio da Manhã André Tentugal, vocalista da banda. ‘Time (better not stop)’, o tema mais conhecido e esperado do grupo, foi bem recebido pelo público, que cantou em coro com o vocalista, que passou o concerto todo a puxar pela plateia.

Os portugueses fizeram as honras de abertura de um cartaz de luxo, onde soavam os nomes dos britânicos Bush e dos Smashing Pumpkins. No recinto à beira-mar foram cerca de 23 mil as pessoas (perto da lotação máxima) que se deslocaram com o intuito de ver estas bandas, nomeadamente os norte-americanos.

"Já vim a muitas edições, já sou veterano. Esta noite quero ver os Smashing Pumpkins, que nunca vi e espero que deem um bom espetáculo", diz ao CM Ricardo Pinto.

praia do cabedelo gaia festival marés vivas música concertos
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)