Barra Cofina

Correio da Manhã

Cultura
6

Produção de cinema e audiovisual retomam esta segunda-feira

Medidas restritivas no regresso da produção cinematográfica e audiovisual em Portugal.
Miguel Azevedo 18 de Maio de 2020 às 08:35
Produção de cinema e audiovisual retomam esta segunda-feira
Produção de cinema e audiovisual retomam esta segunda-feira FOTO: Istockphoto

Filmar sem aglomerados de atores ou figurantes, evitar contactos físicos onde se incluem obviamente cenas românticas, separação de equipas técnicas, medição constante da temperatura do corpo e materiais de caracterização descartáveis. Arranca esta segunda-feira, debaixo de um forte plano de contingência, a produção de cinema e do audiovisual em Portugal, depois de mais de dois meses parada.

Contactado pelo CM, o produtor Paulo Branco reconhece a necessidade de medidas restritivas, mas alerta para a sua interpretação. "Cada filme é muito sui generis e tem as suas particularidades. Se estas regras forem tomadas à letra não são exequíveis. Claro que tem de haver cuidados mas estas medidas são orientações. Vamos esperar que impere o bom senso", diz o cineasta que, no seu caso, apenas retoma atividade em meados de julho, para rodar um filme de época. "Felizmente antes desta pandemia eu tinha os meus trabalhos todos concluídos. O meu regresso já só estava previsto para julho".

O guia de "orientações para filmar em Portugal", publicado pela Portugal Film Commission, recomenda ainda, por exemplo, que antes das filmagens os atores provem o seu estado de saúde e que as áreas de guarda-roupa e caracterização tenham higienização e regras apertadas (o rímel e bâton devem ser descartáveis) e os adereços manuseados apenas pelo ator que os usa.

Recorde-se que recentemente as produtoras Plural e SP começaram a fazer testes de Covid-19 aos seus atores.

Portugal artes cultura e entretenimento cinema
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)