Barra Cofina

Correio da Manhã

Cultura
8

Provedor apela às Finanças

O Provedor de Justiça, Nascimento Rodrigues, pediu ao secretário de Estado do Tesouro e das Finanças que encontre solução para a degradação da Igreja Paroquial de St.º António de Campolide, Lisboa.
4 de Maio de 2007 às 00:00
A igreja foi confiscada pelo Estado à Companhia de Jesus a 8 de Outubro de 1910 e considerada imóvel de interesse público em 1993, mas precisa de obras urgentes pois, segundo o relatório da Provedoria de Justiça, “apresenta elevados riscos de incêndio e de infiltração das águas pluviais”.
Contactado pelo CM, fonte do gabinete do Ministério das Finanças responde que há várias diligências em curso no sentido de proceder às obras mas adverte que estas são, também, dever da Irmandade à qual a Igreja foi entregue sob forma de cessão precária.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)