Barra Cofina

Correio da Manhã

Cultura
8

Quadro de Lievens atinge 1,7 milhões

Retrato de ‘Uma Jovem de Perfil’, a obra do pintor holandês Jan Lievens retirada clandestinamente da Alemanha nazi, surgiu ontem num leilão em Londres, de onde foi arrematada por 1,7 milhões de euros.
8 de Dezembro de 2006 às 00:00
‘Retrato de Uma Jovem de Perfil’ é trabalho exemplar do pintor
‘Retrato de Uma Jovem de Perfil’ é trabalho exemplar do pintor FOTO: d.r.
Segundo a Bonhams, casa responsável pelo leilão, a tela em causa ultrapassou o dobro da base máxima de licitação, que se situava entre os 443 mil e os 738 mil euros.
Sobre o novo proprietário nada se conhece, mas do anterior reza a história que conseguiu resgatar a obra da Alemanha, em 1939, ludibriando a vigilância de um guarda fronteiriço, alegadamente, bêbedo...
Jan Lievens (1607-1674), recorde-se, estudou com Rembrant até 1631, ano em que cada um seguiu o seu caminho: Lievens partiu em direcção a Inglaterra e Rembrandt a Amesterdão, Holanda.
Instalado na corte inglesa, o pintor holandês deixou-se encantar pelo estilo barroco de Anthony van Dyck, o que o viria a influenciar.
O retrato em causa é considerado exemplar no respeitante ao tratamento de luz de Lievens, nele se destacando a subtileza da cor dominante e das cambiantes, no caso concreto, rosa”, explica McKenzie, da Bonhams.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)