Barra Cofina

Correio da Manhã

Cultura
2

Quadro de Miguel Ângelo estava numa residência de estudantes

Um quadro representando a crucificação de Cristo, e que estava pendurado numa residência de estudantes de Oxford desde a década de 30, poderá ser um quadro de Miguel Ângelo e valer 114 milhões de euros.
10 de Agosto de 2011 às 16:06
Eis o quadro que esteve pendurado durante várias décadas no hall de uma residência de estudantes e que, em leilão, pode alcançar 114 milhões de euros
Eis o quadro que esteve pendurado durante várias décadas no hall de uma residência de estudantes e que, em leilão, pode alcançar 114 milhões de euros FOTO: d.r.

A obra que estava pendurada no hall de entrada da residência, e que se acreditava ser de Marcello Venusti, foi descoberta pelo académico Antonio Forcellino, um conhecido ‘caçador' de obras perdidas do pintor renascentista e que reconheceu a autenticidade da peça recorrendo a tecnologia de raios infra-vermelhos.

 

Quando o quadro for oficialmente reconhecido como autêntico, poderá arrecadar preço recorde de 100 milhões de libras, ou seja, cerca de 114 milhões de euros, ultrapassando o valor mais alto alguma vez pago por uma obra de arte em leilão.

 

No ano passado, uma obra de Pablo Picasso foi arrematado por quase 80 milhões de euros.

Cultura Artes Plásticas leilão Miguel Ângelo quadro encontrado preço recorde
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)