Barra Cofina

Correio da Manhã

Cultura

Quebra de 6% nos espectáculos de tauromaquia

Na última temporada de toiros, em Portugal, realizaram-se 172 corridas de toiros à Portuguesa, 23 corridas a pé e mistas, 9 novilhadas, 5 novilhadas populares, 23 festivais, 20 variedades taurinas e 8 garraiadas o que perfaz um total de 260 espectáculos.
27 de Novembro de 2012 às 19:28
Apesar do prenúncio de muitas dificuldades, os aficionados estão convencidos de que na época de 2013, embora com natural redução do número de espectáculos tauromáquicos, a qualidade vai manter-se
Apesar do prenúncio de muitas dificuldades, os aficionados estão convencidos de que na época de 2013, embora com natural redução do número de espectáculos tauromáquicos, a qualidade vai manter-se FOTO: João Miguel Rodrigues

Em relação à temporada de 2011 houve uma quebra de pouco mais de 6% o que se pode considerar um ano taurino aceitável no que concerne a número de espectáculos, atendendo ás dificuldades que o país atravessa.

De salientar que tal quebra se fica devendo também a cerca de uma vintena de corridas que foram canceladas por causa das intempéries que deixaram as arenas impraticáveis. No plano artístico encimaram as relações das respectivas categorias: Cavaleiros, Luís Rouxinol (50 actuações), Cavaleiros Praticantes, João Maria Branco (16), Matadores, Vitor Mendes e Luís Procuna, ambos com 4, Novilheiros, Manuel Dias Gomes (4), Novilheiros Praticantes, Pedro Noronha (10), Bandarilheiros, Ricardo Raimundo (62), Bandarilheiros Praticantes, Filipe Casqueiro (31), Grupos de Forcados, Amadores de Alcochete e Ribatejo, ambos com 25 presenças.

No bem elaborado relatório da Associação dos Toureiros Portugueses pode-se ler muitos outros números relativos aos intervenientes da Festa, porém, é de salientar as três empresas que mais espectáculos organizaram no decorrer de 2012: 'Toiros & Tauromaquia', 29, Sociedade Campo Pequeno S.A., 26 e Tauroleve com 20.

Seguem-se algumas dezenas de outras às quais se fica devendo a realização dos 260 espectáculos.

Apesar do prenúncio de muitas dificuldades, os aficionados estão convencidos de que na época de 2013, embora com natural redução do número de espectáculos tauromáquicos, a qualidade vai manter-se e haverá como este ano, boas corridas de norte a sul do país e Região dos Açores.

tauromaquia tourada arenas espectáculos campo pequeno festa brava
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)