Barra Cofina

Correio da Manhã

Cultura
1

Rammstein lançam vídeo pornográfico

O grupo alemão Rammstein acaba de provocar nova controvérsia devido a um vídeo. É que o teledisco do tema ‘Pussy’, o single de avanço para o novo álbum ‘Liebe ist Für Alle Da’, a lançar em Outubro, contém cenas de sexo explícito, corpos nus, bondage e sadomasoquismo. O vídeo está inclusive disponível em sítios de internet especializados em pornografia.
19 de Setembro de 2009 às 00:30
Os músicos do grupo germânico tal como surgem na capa do novo single, de título ‘Pussy’
Os músicos do grupo germânico tal como surgem na capa do novo single, de título ‘Pussy’ FOTO: direitos reservados

Com realização de Jonas Akerlund, que se notabilizou ao serviço de U2, Metallica e Madonna, entre muitos outros, ‘Pussy’ ameaça tornar-se o vídeo mais ousado da história da música pop. Com cerca de quatro minutos, começa por mostrar os músicos em vários papéis (playboy, partyboy, executivo...), em imagens intercaladas com a banda ao vivo. As cenas hardcore surgem concentradas no último terço do teledisco.

Esta não é a primeira vez que os Rammstein ‘chocam’ com os seus vídeos. Em 2006, o clip de ‘Mann Gegen Mann’, rodado também por Akerlund, causou polémica por mostrar corpos nus e foi proibido pela MTV Europe. Em 2004, ‘Mein Teil’, provocou semelhante alarido devido a cenas ousadas (sexo, luta na lama, masoquismo) e, em 1998, choveu acusações de nazismo devido à utilização de imagens do filme ‘Olympia’ de Leni Riefenstahl (realizadora favorita de Hitler) no clip de ‘Stripped’, versão dos Depeche Mode.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)