Barra Cofina

Correio da Manhã

Cultura
2

Rapper Diddy quer ser o 1º Bond negro

Já foi Puff Daddy, depois P. Diddy, de momento responde pelo nome de Diddy e agora quer ser o primeiro Bond... James Bond.
5 de Novembro de 2006 às 00:00
“Chegará o dia para um James Bond negro e felizmente eu posso candidatar-me a uma audição” para o papel, deixou escapar o ‘rapper’ na última cerimónia dos prémios MTV Europa, em Copenhaga.
Apesar de se ter deslocado à capital dinamarquesa na condição de músico, com direito a actuação e tudo, Diddy deixou-se levar pelo entusiasmo e confessou: “É um sonho interpretar um papel como esse. E gosto do Bond de hoje. É um grande actor e acho que eles [produção] fizeram uma grande escolha”, disse, referindo-se a Daniel Craig, o actual agente 007 prestes a estrear-se em ‘Casino Royale’ (ver caixa), que também marcou presença na cerimónia da MTV.
Até à data, Diddy apenas deu corpo a uma personagem no cinema. Aconteceu em 2002, no filme ‘Monster’s Ball – Depois do Ódio’, onde interpretou um condenado no corredor da morte. O filme, recorde--se, valeu o Óscar de Melhor Actriz a Halle Berry... curiosamente a última ‘Bond Girl’ no filme ‘Morre Noutro Dia’ (‘Die Another Day’).
Caso venha a tornar-se no primeiro James Bond negro, Diddy poderá então investir todo o seu charme que, garante, conseguirá manter colado ao grande ecrã toda a audiência.
“É para isso que nos pagam. Se subo a um palco é para entreter as pessoas”, lançou momentos antes da sua actuação nos prémios MTV, onde foi apresentar o seu novo disco, ‘Press Play’.
"UM BOND MAIS PLAUSÍVEL"
“Craig mistura o porte atlético de Sean Connery com a crueldade de Timoth Dalton” e o impressionante físico faz dele “um Bond mais plausível do que a maioria dos antecessores. Mas o maior trunfo torna-se rapidamente evidente: é bom actor”. É desta forma que o jornal britânico ‘The Times’ critica a estreia de David Craig no papel de James Bond no 21.º filme da série, ‘Casino Royale’, com estreia em Portugal agendada para o próximo dia 23. O ‘The Mirror’ vais mais longe e garante que a película é a melhor desde ‘GoldenEye’.
PERFIL
Aos 37 anos, Diddy (cujo nome verdadeiro é Sean Combs) deve a sua popularidade à música. Começou a sua carreira como dançarino num videoclip de Father MC, em ‘91. Foi o começo de uma era em que se transformou no maior empresário do hip-hop na década de 90. Lançou o primeiro disco em ‘97 e logo ganhou a reputação de organizar as melhores festas de sempre. E namorou com Jennifer Lopez.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)