Barra Cofina

Correio da Manhã

Cultura
6

Rapto não foi marketing

O desaparecimento da vaca ‘cowpyright’, ocorrido quarta-feira frente ao Campo Pequeno. “tem funcionado muitíssimo bem”.
19 de Maio de 2006 às 00:00
A vaca raptada em Lisboa pesa 65 quilos
A vaca raptada em Lisboa pesa 65 quilos FOTO: d.r.
A afirmação é de Luís Rasquilha, director de Marketing da Marketeer, empresa patrocinadora da vaca, segundo o qual o “rapto não foi uma estratégia de marketing. Se fosse não teria corrido tão bem”, garantiu.
Segundo aquele responsável, a vaca continua em pasto incerto e a sua empresa dá “alvíssaras a quem der informações sobre o seu paradeiro”. Se a ‘Cowpyright’ não aparecer a empresa procederá à sua substituição, garantiu, adiantando que estão já previstas “várias acções promocionais de diversão”.
“Desolado” com o ‘rapto’ ficou o artista Paulo Marcelo, que durante duas semanas pintou a vaca de 65 quilos. Caso esta não apareça, Paulo Marcelo está na disposição de pintar outra vaca e sugeriu até que o trabalho fosse feito por todos os artistas. “Fizeram-se grandes amizades e se todos derem uma mão...”
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)