Barra Cofina

Correio da Manhã

Cultura
7

Rivoli: Culturporto apresenta queixa-crime

A direcção da Culturporto anunciou que vai apresentar uma queixa-crime contra as cerca de 30 pessoas que desde domingo à noite ocupam o Teatro Rivoli, no Porto.
17 de Outubro de 2006 às 17:57
Em comunicado, a estrutura da Câmara do Porto gestora do Rivoli confirma que, "por força da ocupação", teve de cancelar o espectáculo de Luís Represas, a favor da investigação da Paramiloidose (a chamada doença dos pezinhos), previsto para hoje à noite na sala, e transferi-lo para a Casa da Música.
Cerca de 30 pessoas, a maioria das quais ligada à companhia Teatro Plástico do Porto, ocupam desde domingo à noite o Rivoli, depois ter terminado a última representação da peça "Curto-Circuito", de Regina Guimarães, que também aderiu ao protesto contra a decisão camarária de privatizar a gestão daquele teatro municipal.
Os manifestantes mostram-se dispostos a continuar barricados no Teatro Municipal até à realização de um encontro, amanhã, com a Ministra da Cultura. O gabinete de Isabel Pires de Lima não confirma o agendamento de qualquer reunião com os ocupantes, mas a ministra tem prevista uma visita de trabalho à região do Porto, que inclui uma conferência de imprensa conjunta com Luís Filipe Meneses, em Gaia.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)