Barra Cofina

Correio da Manhã

Cultura

Russo ganha Porto Cartoon

O cartoon do russo Valentin Druzhinin foi o Grande Prémio do VII Porto Cartoon 2005, considerado pela Federação de Organizações de Cartoonistas como um dos três maiores do Mundo. A escolha do júri foi unânime, mas difícil, entre mais de mil desenhos representantes de 50 países, mas rendeu ao vencedor sete mil euros.
3 de Maio de 2005 às 00:00
O cartoon vencedor demonstra um cenário bizarro em que duas ‘viúvas negras’ tchetchenas, com um sinto feito de bombas, estão a pôr batom antes de um presumível atentado.
Luís Humberto Marcos, responsável do Museu de Imprensa, explicou ao CM que, na escolha do vencedor, o júri teve em atenção a actualidade e o humor dos desenhos. “Este cartoon tem um pouco de ironia e de surreal, pois mostra duas mulheres que, antes de morrer, estão a maquilhar-se. Está ali presente parte da essência humana”.
O júri, presidido por Georges Wolinsky (da revista ‘Paris Match’), premiou ainda o espanhol David Vela Cervera e o russo Mikkhail Zlatkovsky. O primeiro com uma fabulosa caricatura de dois namorados que, juntos, preferem comunicar o seu amor via SMS, e o segundo com uma bandeira gigante que, paradoxalmente, separa e une todos os povos do Mundo.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)