Barra Cofina

Correio da Manhã

Cultura
8

Serralves esconde visitantes dos Miró

Mostra do artista catalão inaugurou há quase dois meses.
Ana Maria Ribeiro 18 de Novembro de 2016 às 08:29
Exposição patente em Serralves inclui cerca de 80 obras de Joan Miró (1893-1983), a maioria desconhecidas do público
Exposição patente em Serralves inclui cerca de 80 obras de Joan Miró (1893-1983), a maioria desconhecidas do público FOTO: Ricardo Meireles/Sábado
A exposição ‘Joan Miró: Materialidade e Metamorfose’, que reúne a coleção do artista catalão na posse do Estado, foi inaugurada no passado dia 30 de setembro, na Casa de Serralves, do Porto, mas quase dois meses depois a direção escusa-se a revelar o número de visitantes que já atraiu.

Depois de, no dia de abertura, ter registado uma enchente – com centenas de pessoas a rumarem a Serralves – desde então não há números que contabilizem o interesse de portugueses – e não só – pelo "maior conjunto privado de obras do artista". Isto embora Ana Pinho, presidente da administração da Fundação de Serralves, ter dito, no programa ‘Prós e Contras’, da RTP1, que Serralves já tinha recebido este ano 620 mil visitantes (contra os 520 mil do ano passado) e de ter admitido que Miró "alarga o público de Serralves".

No primeiro fim de semana após a inauguração da mostra foi dito ao CM que "Serralves não tem números parcelares, só mensais", mas no fim de outubro a resposta não variou muito. "Nesta fase não temos números de visitantes para disponibilizar", disse fonte da direção.

Ana Pinho, que substituiu no cargo Luís Braga da Cruz, anunciou em janeiro que o orçamento de Serralves era de oito milhões de euros, sendo que desse dinheiro menos de 40% é de dotação estatal (2,87 milhões). A presidente da administração trabalha em regime pro bono e anunciou como objetivo seu "aumentar as receitas próprias" da Fundação de Serralves.
Joan Miró Casa de Serralves Porto Ana Pinho Fundação de Serralves Luís Braga da Cruz arte
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)