Barra Cofina

Correio da Manhã

Cultura

Sharon Stone nega cirurgia plástica e processa médico

A actriz Sharon Stone processou por calúnia um cirurgião plástico que afirma ter realizado uma operação plástica no seu rosto.
16 de Dezembro de 2004 às 00:00
O processo foi entregue ao Supremo Tribunal norte-americano, mas desconhece-se quanto é que a actriz exige a título de indemnização ao cirurgião Renato Calabria.
No texto do processo pode ler-se que Sharon Stone (46 anos) “orgulha-se da sua aparência física natural” e que “nunca se submeteu a um ‘lifting’ facial”.
A protagonista de ‘Instinto Fatal’ e ‘Invasão de Privacidade’ alega que as afirmações do médico prejudicaram a sua reputação.
O advogado de Calabria, contudo, negou que o médico tenha feito afirmações sobre a suposta cirurgia.
“Tudo o que o meu cliente fez foi discutir uma nova técnica aplicada por ele, a da cirúrgia vertical. A imprensa é que especulou sobre a eventualidade de Sharon Stone se ter submetido ao procedimento”, afirmou o representante do médico.
O processo cita reportagens de duas revistas americanas, a ‘US Weekly’ e a ‘In Touch’. A actriz acusa o médico de ter colocado os referidos textos na sua página na internet para se “vangloriar”.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)