Barra Cofina

Correio da Manhã

Cultura
4

Sol da Caparica recebeu 75 mil espectadores este ano

Linda Martini, Jorge Palma e Paulo Gonzo foram alguns dos artistas que atuaram no festival.
18 de Agosto de 2015 às 16:02
Jorge Palma
Jorge Palma FOTO: David Martins

Setenta e cinco mil foi o total de espectadores nos quatro dias do festival Sol da Caparica, que terminou no domingo, disse esta terça-feira à Lusa fonte da organização.

No terceiro dia do festival (sábado), em que atuaram músicos como Xutos e Pontapés, Batida, Tito Paris, Agir, Tiago Bettencourt, Berg e o DJ Rich, o festival esgotou a lotação, com 25 mil pessoas, segundo a assessora de imprensa do certame, Cristina Carvalho.

Realizado no Parque Urbano da Costa de Caparica, concelho de Almada, a 300 metros do mar, o certame regressa em agosto de 2016 para a terceira edição, indicou a porta voz.

Cristina Carvalho congratulou-se ainda com o total de espetadores registados na segunda edição do Sol da Caparica, uma vez que ultrapassou em dez mil os registados na primeira edição, no ano passado.

Linda Martini, Jorge Palma, Paulo Gonzo, Resistência, The Legendary Tigerman, Brigada Victor Jara ou o brasileiro Marcelo D foram alguns dos artistas que atuaram no festival. O fadista Camané e o músico Carlão foram outros dos artistas participantes no Sol da Caparica, assim como no Bons Sons, que decorreu na aldeia de Cem Soldos, concelho de Tomar, nos mesmos dias do Sol.

Separados por 150 quilómetros, os dois festivais propunham experiências distintas, tendo como base a música que se faz em Portugal e no espaço da lusofonia.

O festival Bons Sons, na aldeira de Cem Soldos, no interior, mobilizou 37 mil pessoas, de acordo com números avançados pela organização, na segunda-feira, à agência Lusa. O último dia do Sons da Caparica foi dedicado às crianças até aos dez anos, com ateliers de música tradicional e sessões de música para bebés  e concertos do Avô Cantigas e de Luísa Sobral.

Sol Caparica música festival
Ver comentários