Barra Cofina

Correio da Manhã

Cultura
3

Solnado para ler e ouvir em casa

Conhecer melhor "a máquina de rir", título reservado a si próprio por Raul Solnado, falecido no sábado, vai ser possível até final deste ano, graças à reedição da sua biografia.
11 de Agosto de 2009 às 00:30
Biografia ‘A Vida Não Se Perdeu’, escrita por Leonor Xavier, e disco com sketches voltam às lojas
Biografia ‘A Vida Não Se Perdeu’, escrita por Leonor Xavier, e disco com sketches voltam às lojas FOTO: Natália Ferraz

A Oficina do Livro prepara-se para fazer chegar às livrarias ‘A Vida não se Perdeu’, obra da última companheira de Solnado, a jornalista Leonor Xavier.

Escrita em 1991, a biografia foi reeditada em 2003, por ocasião dos 50 anos de carreira de Solnado, com dois mil exemplares numa primeira tiragem, seguida de perto por uma segunda que se ficou pelos mil.

'Uma nova reedição estava já pronta a sair em Outubro, pelos 80 anos do actor. Está tudo parado agora à espera da última actualização', apurou o CM junto da editora.

Por outro lado, quem quiser levar para casa os melhores sketches do artista deverá procurar as lojas de discos, pois a editora iPlay vai relançar nos próximos dias ‘O Irresistível Raul Solnado’. Esse registo reúne uma dezena dos monólogos humorísticos que lhe permitiram ultrapassar Amália Rodrigues nas tabelas de vendas dos anos 60, incluindo os clássicos ‘A Guerra de 1908’, ‘História da Minha Vida’ e ‘O Cabeleireiro de Senhoras’.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)