Barra Cofina

Correio da Manhã

Cultura
2

Sons e ritmos de Cabo Verde alegram palco

É já amanhã, dia 19, pelas 22h00, que o dueto formado por Teté e Sara Alhinho (mãe e filha) sobem ao palco da Praia da Manta Rota, Vila Real de STº António, para um concerto que integra o cartaz da 17ª edição do ‘Festival Sete Sóis Sete Luas’.
18 de Julho de 2009 às 00:30
Sons e ritmos de Cabo Verde alegram palco
Sons e ritmos de Cabo Verde alegram palco

Teté Alhinho, muito por influência de sua mãe (que cantava e dançava), começou a interessar-se por música logo aos 5 anos. A artista, proveniente de uma pequena cidade, Mandelo, de Cabo Verde, ganhou vários prémios durante a sua juventude, entre eles o primeiro lugar num concurso universitário. No entanto, foi só em Portugal que gravou o seu primeiro disco intitulado ‘Mares do sul’, produzido por Paulino Vieira e Péricles Duarte, no ano de 1988.

Tal como sucedeu com Teté, a mãe, Sara Alhinho, também cedo descobriu a sua paixão pela música. Sara, que fez várias tournées pela Europa com a sua mãe, onde se incluem salas como De Dolen, na Holanda, e Concert Haus, na Áustria, teve a sua primeira participação num álbum com apenas 8 anos.

Neste momento, o dueto mãe-filha encontra-se a promover o seu novo trabalho, ‘Gerassons’, composto por ambas.

O concerto insere-se no 17º ‘Festival Sete Sóis Sete Luas’, uma produção de uma Rede Cultural de trinta cidades e dez países, entre eles Portugal, Cabo Verde e Marrocos. A entrada é livre.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)