Barra Cofina

Correio da Manhã

Cultura
7

Suíça dá liberdade a Polanski

A justiça suíça decidiu esta segunda-feira vetar a extradição do realizador polaco Roman Polanski para os Estados Unidos e levantar as "medidas de restrição à sua liberdade".
12 de Julho de 2010 às 13:44
Roman Polanski fugiu dos EUA na véspera da sentença relativa a um caso de relações sexuais com menor
Roman Polanski fugiu dos EUA na véspera da sentença relativa a um caso de relações sexuais com menor

O anúncio foi feito pela ministra da Justiça, Eveline Widmer-Schlumpf, e põe fim a meses de incerteza sobre o regresso do cineasta aos EUA, após a sua fuga, em 1978, na véspera da sentença de caso de alegada pedofilia, em que Polanski se deu como culpado por ter mantido relações sexuais com uma menor de 13 anos.  

O realizador de 'O Pianista' foi detido na Suíça em Setembro de 2009, no âmbito de um mandato de captura internacional.

A 4 de Dezembro foi libertado sob caução, mas ficou sujeito ao uso de pulseira electrónica na área da sua residência, em Gstaad.

Agora, os tribunais suíços declararam que Polanski, de 76 anos, seria um 'homem livre'.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)