Barra Cofina

Correio da Manhã

Cultura
9

TEATRO AMADOR EM CONGRESSO

Cerca de uma centena de grupos de teatro amador reúne-se este mês em congresso para reflectir sobre o seu trabalho e lançar projectos para o futuro da recém-criada Associação Nacional de Teatro de Amadores (ANTA).
2 de Setembro de 2002 às 21:01
Criada em Julho de 2001 em resultado de um primeiro encontro de 70 grupos de teatro amador de todo o País, a ANTA realiza um congresso nos próximos dias 21 e 22 em Rio Tinto, Gondomar, também para eleger corpos sociais definitivos, revelou à Lusa Luciano Nogueira, actual presidente da Assembleia Geral.

De acordo com o responsável, a realidade do teatro amador envolve em todo o País cerca de 400 grupos, "uma grande percentagem bastante activa, que leva esta arte a regiões bastante recônditas de Portugal". "Apesar dos grupos amadores não receberem qualquer apoio do Governo central, fazem muitos espectáculos e trabalham em lugares onde os profissionais não vão", observou, sustentando que devem ascender a seis mil por ano, a nível nacional.

Entre os distritos mais dinâmicos estão Lisboa, Porto e Santarém, adiantou o responsável, segundo o qual também nos Açores começa a surgir uma forte actividade teatral.

Os apoios surgem sobretudo da parte de autarquias e de alguns patrocinadores, mas pelo facto dos espectáculos usarem meios mais reduzidos, estes grupos conseguem apresentar as suas peças sem necessidade de grandes infra-estruturas, como os profissionais, o que Luciano Nogueira considera "uma vantagem".

Mas o teatro amador tem um leque muito vasto: integra desde os pequenos grupos que fazem peças de vez em quando para as escolas ou no Natal, até aos mais organizados, já com apoios técnicos e artísticos que se dedicam à itinerância, por exemplo.

Quanto à procura por parte do público no interior do País, o presidente da ANTA refere que "é muita e crescente". "Ainda recentemente foi feito um espectáculo na aldeia de Pombal de Anciães, em Trás-os-Montes, que tem 200 habitantes, e contaram-se 120 pessoas na assistência", exemplificou.
Ver comentários