Barra Cofina

Correio da Manhã

Cultura
5

Tributo a Joaquim de Almeida

Joaquim de Almeida desloca-se a Setúbal no próximo fim-de-semana para receber o Golfinho de Ouro no Festroia, um prémio que representa uma homenagem pela sua vasta carreira cinematográfica.
2 de Junho de 2006 às 00:00
O actor Joaquim de Almeida
O actor Joaquim de Almeida FOTO: Marta Vitorino
O 22.º Festival Internacional de Cinema de Setúbal arranca hoje, às 21h00, no Fórum Luísa Todi com a mostra do filme mudo do realizador norueguês Victor Sjostrom, ‘Terje Vigen’. Ao longo dos próximos dez dias, o certame mostrará 179 películas oriundas de 48 países, entre os quais alguns ‘westerns’ da ex-República Democrática Alemã, “filmes de grande qualidade” e que integram “uma visão do ‘índio bom’, que contrastava com a visão dos filmes norte-americanos e de países europeus”, como salientou Mário Ventura Henriques, o presidente da associação promotora do festival.
Além das secções de competição, a programação do Festroia inclui cinco ante-estreias, entre as quais ‘La Vida Secreta de Las Palabras’, de Isabel Coixet, com Tim Robbins e Julie Christie, e ‘Klimt’, protagonizado por John Malkovich e realizado por Raoul Ruiz, que estreia em Portugal dia 15.
Ver comentários