Barra Cofina

Correio da Manhã

Cultura

U2 à venda com restrições

Os bilhetes para o concerto dos U2, a realizar a 14 de Agosto no Estádio José de Alvalade, em Lisboa, vão ser vendidos a partir da próxima sexta-feira mas com algumas restrições. A produtora do espectáculo, a R & B, justifica a medida com a necessidade de “ratear os ingressos” face à “elevada procura que o evento irá despoletar”.
23 de Fevereiro de 2005 às 00:00
As lojas Fnac iniciarão a comercialização dos ingresos na próxima sexta-feira, mas apenas para os possuidores de cartão de cliente, conforme anunciou ontem, em conferência de Imprensa, Nuno Braamcamp, da empresa R & B.
No estádio José Alvalade, também a partir de sexta-feira, os titulares de lugares especiais (cerca de oito mil) terão preferência na aquisição de um ingresso, enquanto os sócios com lugar vitalício (600) podem levantar um convite entre os dias 1 e 15 de Março.
Todavia, quem não pertencer a nenhuma destas ‘categorias’ terá de recorrer às agências Abep e Alvalade (e pagar a respectiva comissão) ou esperar pelo dia 1 de Março, altura em que a BP iniciará a venda de cerca de 20 mil ingressos em dez dos seus postos espalhados pelo País. Feitas as contas, cada posto da BP disponibilizará em média dois mil bilhetes, o que faz prever gigantescas romarias aos locais de venda com muitas horas de antecedência em relação ao início da venda dos bilhetes, marcado para as 10h00.
Em qualquer um dos locais de venda, cada pessoa poderá adquirir apenas quatro bilhetes, à excepção dos camarotes, que deverão ser comprados conforme a sua capacidade. Tal como o CM tinha anunciado anteriormente, os preços dos bilhetes variam entre os 54 e os 146 euros.
Na primeira parte daquele que será, provavelmente, o ‘concerto do ano’ em Portugal, vão actuar (a partir das 19h00) duas bandas internacionais cujos nomes deverão ser anunciados em breve.
A banda de Bono, The Edge, Adam Clayton e Larry Mullen Jr. deverá subir ao palco pelas 22h00 e promete oferecer uma das maiores produções cénicas alguma vez vistas em palcos lusos.
OS MAIS CAROS DE SEMPRE PARA ESTÁDIO
Os bilhetes para o espectáculo dos U2 são os mais caros alguma vez comercializados em Portugal no que toca a concertos ao ar livre, em estádio. A título de comparação, recorde-se que o preço dos ingressos para o concerto dos Rolling Stones, a 27 de Setembro de 2003 no Estádio Municipal de Coimbra, variou entre os 35 e os 65 euros. A única ‘concorrente’ dos U2 no que toca a preços, foi mesmo Madonna. Para os dois espectáculos que a diva da pop efectuou a 13 e 14 de Setembro de 2004, no Pavilhão Atlântico, os preços variaram entre os 61 e os 151 euros, mas note-se que o facto de um concerto se realizar num recinto fechado encarece geralmente a produção.
ONDE COMPRAR E QUANTO CUSTA
Relvado e Topos (sem lugar marcado) - 54e
Central Superior (sem lugar marcado) - 67e
Lateral Inferior (com lugar marcado) - 81e
Central Inferior (com lugar marcado) - 81e
Central VIP (com lugar marcado) - 100,50e
Camar. Nascente (2.º piso, 6/8 lugares) - 107e
Camar. Poente (2.º piso, 6/8 lugares) - 120e
Camar. VIP (3.º piso, doze lugares) - 146e
POSTOS DA BP: Braga (Dume), Porto (S. Roque da Lameira, Via-Norte - Amieira e Fojo- Vila Nova de Gaia), Aveiro (Varidauto), Lisboa (Aeroporto, Areeiro e Av. da Índia) Setúbal (Ciprestes), Faro (Norte - EN 125).
OUTROS LOCAIS: Agências Abep e Alvalade, lojas Fnac e Estádio José Alvalade.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)