Barra Cofina

Correio da Manhã

Cultura
4

VAN GOGH RENOVA RECORDES

Três obras do famoso pintor holandês Vincent van Gogh, incluindo uma pintura com uma carta escrita no verso, alcançaram mais de 12 milhões de euros num leilão realizado terça-feira, na Christie's, em Londres.
26 de Junho de 2003 às 00:00
A casa do artista em Arles que escondia, no verso, uma carta
A casa do artista em Arles que escondia, no verso, uma carta
O leilão incluiu um esboço em lápis e tinta da casa do artista, em Arles. No verso do desenho, com apenas 21 centímetros de altura, o pintor escreveu uma carta ao irmão Theo. É considerado a única carta assinada por van Gogh na parte de trás de um desenho.
A obra agora leiloada não aparecia no mercado ou era exposta há 80 anos até a sua venda no leilão da Christie's. Apenas uma linha da carta fora já publicada, nomeadamente em 1928, no catálogo La Faille.
A pintura "Natureza Morta, Vaso com Cravos", concluída em 1890 e considerada um exemplo maravilhoso do trabalho de van Gogh após a sua instalação no Sul da França, em 1880, foi vendida por mais de seis milhões de euros. Por sua vez, "Leitora de Romances" alcançou quase cinco milhões de euros. Esta obra, pintada em Setembro de 1888, retrata uma mulher a ler um livro.
Ao contrário do que aconteceu enquanto viveu, as obras de van Gogh atingem hoje, 150 anos após o seu nascimento, valores recordes.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)