Barra Cofina

Correio da Manhã

Cultura
7

Verdades sobre toureio a pé

O toureio a pé em Portugal tem sido vítima, nos últimos 20/30 anos, de atropelos [...] e de faltas de respeito.
26 de Setembro de 2007 às 00:00
Verdades sobre toureio a pé
Verdades sobre toureio a pé
Amanhã Lisboa vai ter a sua penúltima corrida da temporada. A derradeira será na próxima semana. A Praça do Campo Pequeno marcou pontos, mas também importa reflectir sobre a sua temporada. Um conjunto de realidades que se constatam, mais ou menos, um pouco por todo o país taurino.
De entre várias questões, impõe-se reflexão sobre o toureio a pé. ‘Citar de frente’ o tema, com base na verdade. Não basta, em Lisboa como noutras paragens, somar receitas de bilheteira para dar veredicto. O toureio a pé em Portugal tem sido vítima, ao longo dos últimos 20/30 anos, de atropelos, de oportunismos, de falta de cultura específica, de negociatas, de faltas de respeito. E, por isso, impõe-se, em todo o País, um conjunto de decisões que passa por investimentos diversos. Percebendo que certos fundos têm de vir de onde existem (e já nem sempre...), isto é, do negócio que, para se impor adulterou e roubou tradições e a própria história. Sim, porque há uma faixa (com valores bons e outros maus, mais os que nem assim conseguiram...) na Festa de Toiros em Portugal que deve ao toureio a pé a sua própria ascensão conseguida: porque o anularam como puderam e como lhes foi permitido por quem não devia... É obviamente um assunto que me ocupará nos próximos tempos. Estou disposto, sobretudo como aficionado, a lutar pela recuperação das corridas mistas e do seu impacto, nomeadamente em praças de onde o toureio a pé foi arredado por interesses individuais...
Não o se esqueçam [...] que o próprio imortal mestre João Branco Núncio foi quem disse, um dia, que “o toureio a pé é a base de tudo”!
PAULO CAETANO
Amanhã, é o orador no jantar da tertúlia ‘A Mexicana’, abordando temas sobre o ‘Toureio a Cavalo’, em particular a utilização do cavalo puro-sangue lusitano. A referida tertúlia consagra alargado número de aficionados que frequentam há muitos anos o conhecido café lisboeta, que deu o nome à tertúlia.
O CLUBE T. ALENQUERENSE
Continua a lutar pelo crescimento no apoio à Festa de Toiros. Inúmeras iniciativas, como é o caso da corrida nocturna de amanhã, em Alenquer, que têm atraído aficionados de todas as idades numa demonstração de vitalidade taurina.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)