Barra Cofina

Correio da Manhã

Cultura
4

Vila Franca e Alcácer do Sal

Tal como na passada semana referi, Vila Franca de Xira vai ter a sua Feira Anual de Outubro, desejando-se que fosse de verdade...
4 de Outubro de 2006 às 00:00
Vila Franca e Alcácer do Sal
Vila Franca e Alcácer do Sal
Começou no sábado, sendo a ganadaria de Miúra o maior pólo de atracção, dado o historial da mesma, bem como o êxito que os toiros desse ferro tinham alcançado há, precisamente, cinco anos, isto é, na corrida to Centenário da Praça Palha Blanco.
Desta feita, e em termos gerais, o ambiente de expectativa e entusiasmo não encontrou a melhor resposta nos toiros de Miúra, nem em apresentação, nem em bravura, muitos pontos aquém do prestígio da ganadaria e do que fora visto anteriormente na arena vilafranquense. Foi pena. Louve-se a entrega dos cavaleiros e, em particular, dos forcados de Santarém e de Vila Franca.
Mas a feira vilafranquense continuou e vai prolongar-se amanhã na aguardada corrida mista e na sexta-feira no já tradicional encerramento com os jovens alunos da Escola de Toureio José Falcão, com entrada grátis.
ALCÁCER DO SAL
Entretanto, no próximo domingo Alcácer do Sal vai receber a sua tradicional corrida, reunindo no cartel três cavaleiros verdadeiramente triunfadores nesta temporada, disputando o troféu João Branco Núncio, nome do mestre que também dá nome à bonita Praça de Toiros que ele próprio doou à então vila de Alcácer do Sal.
Sem dúvida trata-se de um momento importante para quem actua e para quem assiste, porque sempre pairará nos ares a mensagem sublime do mestre João Branco Núncio, que ele soube assinar nas arenas e fora delas, sendo certo que, nas primeiras, o respeito nunca foi adulterado mas fora das mesmas foi vítima, em 1974, de ingratidões, especulações e oportunismos por entre gestos criminosos que acabariam por levá-lo aos 72 anos de idade a encarar o regresso às arenas para ganhar o pão que a tantos deu e que alguns lhe tiraram...
Mas, amanhã, é tempo de Vila Franca de Xira dizer que está com o corrida mista, sob pena de, em caso contrário, termos de dar razão aos que dizem que Vila Franca tem muita gente que canta mas não conta...
ANIMAT’ÁFRICA alcançou sucesso com o Festival de Beneficência realizado no passado domingo em São Mansos, mediante as colaborações graciosas de, entre outros, cavaleiros, forcados e ganadeiros. Destaque para a comissão organizadora!
LUÍS PROCUNA reapareceu depois da cornada que sofreu próximo de Madrid e que lhe provocou uma ferida num escroto suturada com 14 pontos. Actuou num festival em Torneizo (Ávila), cortando uma orelha a um exemplar de António Perez, que matou ao terceiro intento.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)