Barra Cofina

Correio da Manhã

Cultura
6

Warhol, Pollock e Rothko numa rara exposição

Obras vão estar no Museu das Artes Contemporâneas, no Irão.
21 de Novembro de 2015 às 13:46
Peças vão estar no Museu das Artes Contemporâneas
Peças vão estar no Museu das Artes Contemporâneas FOTO: Getty Images

Algumas das obras de arte moderna e contemporânea mais caras e menos vistas no mundo, nomeadamente quadros dos norte-americanos Jackson Pollock, Andy Warhol e Mark Rothko, estão expostas a partir de deste sábado e durante três meses em Teerão.

Esta grande exposição no Museu das Artes Contemporâneas integra 42 obras de artistas ocidentais, como o "Mural on Indian Red Ground" (1950), considerada a obra-prima de Pollock e que peritos da Christie's avaliaram em 2010 em 250 milhões de dólares (234,8 milhões de euros).

Podem também ser vistos "Suicide" (1963), de Andy Warhol, que mostra um homem a saltar de um edifício e faz parte de uma série intitulada "Death and Disaster" (Morte e Desastre). Um dos quadros desta série foi leiloado por 105 milhões de dólares (98,6 milhões de euros) em 2013 pela Sotheby's.

As obras apresentadas em Teerão fazem parte de uma coleção reunida no essencial sob o regime do Xá do Irão, derrubado em 1979, e que integra perto de 300 telas de grandes pintores dos séculos XIX e XX, como Paul Gauguin, Pablo Picasso, Joan Miro ou Francis Bacon.

Jackson Pollock Andy Warhol Mark Rothko Museu das Artes Contemporâneas Teerão artes cultura e entretenimento
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)