Barra Cofina

Correio da Manhã

Cultura
9

WOODSTOCK SERÁ CENTRO CULTURAL

O sítio onde, em 1969, decorreu o famoso festival de música Woodstock, perto de Nova Iorque, vai ser transformado num gigantesco complexo cultural. O Bethel Woods Center for the Arts já começou a ser construído, num projecto da Fundação Gerry orçado em 64 milhões de euros.
21 de Julho de 2004 às 00:00
O centro vai dispor de um anfiteatro para 4500 pessoas e, no jardim, será instalado um outro espaço para espectáculos para receber 12 mil espectadores. Este complexo cultural é a primeira estrutura permanente a ser construída no sítio do festival, considerado uma celebração da ‘paz, do amor e da música’.
Nele participaram os maiores nomes da música rock dos anos 60, entre os quais Jimi Hendrix, The Grateful Dead, The Who e The Band. Porém, a construção deste centro cultural não agradou à fundação Woodstock Preservation Alliance.
“Há muitas pessoas transtornadas com esta decisão. Vamos apoiar o centro de arte e o que a sua construção pode representar para o condado de Sullivan”, disse o porta-voz da instituição, acrescentando: “Porém, a Fundação Gerry deu carta branca para profanar um ícone de uma geração”.
“Este é um projecto comunitário”, referiu o multimilionário Alan Gerry, da Fundação Gerry, que comprou a área de 14,8 hectares, onde decorreu o evento, em 1997, adquirindo posteriormente mais 520 hectares à volta do local.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)