Barra Cofina

Correio da Manhã

Cultura
5

XII BIENAL DE ARTE PROSSEGUE A BOM RITMO

A XII Bienal Internacional de Arte de Vila Nova de Cerveira continua patente até 21 de Setembro, em vários locais do centro da vila.
28 de Agosto de 2003 às 00:00
Subordinada ao tema "O Artista e a Globalização", o certame é especialmente dedicado à Galiza, apostando nas novas tecnologias e estabelecendo uma colaboração directa com várias instituições públicas e privadas galegas.
A edição deste ano conta com a participação de 228 artistas procedentes de 17 países e abrange as mais variadas expressões artísticas, como arte electrónica, serigrafia, escultura, cerâmica e pintura.
Exposições, conferências, 'ateliers', espectáculos de música e multimedia e projecções de filmes são alguns dos eventos inseridos na programação da Bienal.
No âmbito do certame, foram ainda atribuídos os seguintes galardões: Grande Prémio Bienal de Cerveira, a Silvestre Pestana; Prémio Revelação, Pedro Figueiredo; Prémio Fernando Azevedo, ex-aequo Cristina Guise e Catarina Machado, e Prémio Baviera, Alberto Vieira. Os Prémios Aquisição Águas do Minho e Lima galardoaram as obras de Benedita Kendall, Ana Maria e Dacos, enquanto que o Prémio Jovem (artes digitais) foi atribuído ex-aequo às instalações de Luísa Menano, Xosé Lois Vasquez, Chaly Rood e Rita Pessanha.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)