Barra Cofina

Correio da Manhã

Cultura
4

Zezé e Luciano em estreia nacional

Zezé Di Camargo e Luciano compõem a dupla mais famosa da música popular brasileira, já conquistaram dois prémios Grammy Latinos e hoje estreiam-se nos palcos nacionais, com um concerto na Exponor, no Porto. Amanhã, dia em que é lançado o novo álbum, ‘15 Anos de Sucessos’ – a dupla actua em Lisboa, no Pavilhão Atlântico.
14 de Maio de 2006 às 00:00
A dupla vai conhecer o impacto da sua música em Portugal
A dupla vai conhecer o impacto da sua música em Portugal FOTO: d.r.
Hoje, músicas como a popular ‘É o Amor’ ou temas de álbuns como ‘Fui Eu’ ou ‘Saudade, O Melhor de’ vão ecoar pela plateia da Exponor. A expectativa é grande. “Estamos muito expectantes. Já poderíamos ter actuado aqui há dez anos, mas na altura não deu porque não conseguíamos trazer toda a nossa estrutura”, contou Luciano ao CM, frisando que este é “o momento certo” para a apresentação em Portugal.
Em palco, a dupla actua sob uma complexa parafernália de luzes, com a mesma tecnologia de iluminação que os Pink Floyd ou Madonna, num espectáculo denominado ‘Pétalas’. “São os sucessos de 15 anos de carreira. Vai ter momentos em que vamos brincar com o ‘pessoal’, mas a toada do espectáculo vai ser 100 por cento romântica, embora seja um ‘show’ dinâmico”, garantiu o músico. “Temos momentos em que parece até uma banda de rock”, brincou.
Num estilo que define como “música popular brasileira, romântica, do povo”, a dupla sertaneja faz 150 espectáculos por ano, já vendeu mais de 22 milhões de discos e deu origem ao ‘Dois Filhos de Francisco’, que levou multidões às salas de cinema brasileiras.
Quanto ao futuro, Zezé e Luciano têm “uma proposta para gravar um disco de inéditos, com a participação do Chico Buarque [com o qual já registaram ‘A Minha História, da autoria escrita por Buarque e Ivete Sangalo]. Mais para a frente, temos um projecto de um disco só de duetos com cantores do Brasil, isto porque no filme que fizemos participaram o Caetano (Veloso), o Ney Matogrosso, a Bethânia, e já está na hora de pensar num disco de duetos. Já gravámos com Willie Nelson, Julio Iglesias...”, antecipou Luciano.
Hoje à noite, a dupla conhecerá, pela primeira vez, o impacto das suas músicas – a maioria da autoria de Zezé – e espera levar ao rubro, com muito romantismo, o público português. Música sertaneja, muito, muito romântica.
Ver comentários