Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
7

15 MIL NA VASCO DA GAMA

Cerca de 15 mil atletas, liderados pelo campeão mundial da maratona Joaouad Gharib (Marrocos), vão colorir a zona oriental da capital no dia 28, no decorrer da quarta edição da Meia maratona de Portugal, uma competição que conta com o apoio do CM e se inicia no tabuleiro da majestosa Ponte Vasco da Gama, terminando no parque das Nações.
11 de Setembro de 2003 às 00:00
Carlos Móia mostra o cheque que vai premiar as metas volantes
Carlos Móia mostra o cheque que vai premiar as metas volantes FOTO: Jorge Godinho
Com a habitual dinâmica imposta pelas organizações de Carlos Móia, a Meia maratona de Portugal reúne um valioso lote de atletas de nível mundial, mas o destaque é, certamente, para a enorme festa popular que envolve toda a competição e que acaba, inclusivamente, por ofuscar os vencedores.
Com as inscrições limitadas a 15 mil atletas (por razões de segurança na ponte), Carlos Móia não tem dúvidas que esse número vai ser atingido, apesar de até ao momento, ‘apenas’ se registarem 10 mil inscritos. “Faltam mais de duas semanas para a prova e é conhecida a aptidão dos portugueses em deixarem tudo para o último dia, por isso acho que as 15 000 inscrições vão ser atingidas”, referiu Carlos Móia.
Entre os portugueses, o destaque vai para António Pinto, que faz o seu regresso após lesão, e para Paulo Guerra. No sector feminino, realce para Analídia Torre, Mónica Rosa e Elizabete Lopes.
A solidariedade também merece um destaque neste evento. O Clube Stress, dos quais fazem parte figuras ilustres como o presidente da República Jorge Sampaio, vai manter as suas iniciativas para comprar mais uma carrinha de transporte especial para instituições de deficientes mentais (já vão em sete!).
NOVIDADES
DINHEIRO PARA LUSOS
O melhor português na Meia maratona vai arrecadar 1500 euros, numa tabela exclusiva para atletas nacionais. Serão premiados os 10 primeiros seniores masculinos e femininos, os cinco primeiros veteranos I (400 euros ao vencedor) e os cinco primeiros veteranos II, III e IV (200 euros ao melhor de cada um destes escalões).
METAS VOLANTES
As metas volantes, com prémios chorudos prometem um andamento diabólico. As três metas volantes serão destinadas apenas aos seniores (masculinos e femininos). A primeira aos cinco quilómetros renderá 500 euros, a segunda (10 km) mil euros e a terceira (15km) 1500 euros.
PERCURSO PLANO
O percurso da minimaratona será igual ao do ano passado, mas o da meia maratona sofreu ligeiras alterações, com os atletas a percorrerem as principais artérias do Parque das Nações
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)