Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
3

20 mil fazem a festa na Vasco da Gama

Vinte mil pessoas participaram ontem na festa da Meia Maratona de Portugal, que se realizou em Lisboa. A prova ficou marcada pelo domínio queniano. À excepção da portuguesa Dulce Félix, que foi 3ª, todos os lugares do pódio, nas corridas masculina e feminina foram ocupados por atletas do país africano.

1 de Outubro de 2012 às 01:00
A ponte Vasco da Gama foi o local da partida
A ponte Vasco da Gama foi o local da partida FOTO: Paulo Calado

Numa corrida muito animada, devido aos dez palcos com concertos instalados ao longo do percurso de 21,07 quilómetros, Martin Lel foi o vencedor. O queniano demorou 1h01m28s a percorrer um percurso que começou na ponte Vasco da Gama e terminou no Parque das Nações. O pódio ficou completo com Albert Matebor (2º) e Titus Masai (3º).

O melhor português foi Hermano Ferreira (9º). "É a terceira vez seguida que isso sucede e fico feliz com o resultado. Correu bem melhor do que esperava", disse.

Na corrida feminina, Dulce Félix foi 3ª, atrás de Priscah Jeptoo e Margaret Muriuki. "Fico muito contente por subir ao pódio", afirmou

Na Mini-Maratona (6 km) os vencedores foram Rafael Rocha e Ana Cabecinha, portuguesa que foi 9ª na prova de Marcha dos Jogos Olímpicos de Londres.

No final da corrida, e apesar dos quilómetro corridos, os vinte mil atletas puderam ainda assistir aos concertos de Luís Represas e João Gil e dos Xutos e Pontapés.

MEIA MARATONA ATLETISMO VASCO DA GAMA PONTE LISBOA
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)