Diamantino Miranda impedido de treinar em Moçambique após expulsão há cinco anos

Técnico português devia ter chegado segunda-feira para treinar a Liga Desportiva de Maputo.
Por Lusa|13.02.19
  • partilhe
  • 0
  • +
O treinador português Diamantino Miranda perdeu o direito a residir em Moçambique e não pode assumir o comando da Liga Desportiva de Maputo, depois de ter sido expulso do país em 2013, anunciou o ministro dos Negócios Estrangeiros, José Pacheco.

"O quadro jurídico moçambicano preconiza que, quando um cidadão estrangeiro se confronta, a um determinado nível, com a legislação, possa perder direito a residência", referiu o governante, citado esta quarta-feira pelo diário Notícias, acrescentando que foi isso "que aconteceu com o cidadão Diamantino Miranda".

Segundo José Pacheco, "tendo sido expulso" do país, como aconteceu há pouco mais de cinco anos, "não pode ter qualquer presença no território nacional, muito menos fixar residência".

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!