Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto

À descoberta do universo do leão Miguel Veloso

A fama repentina não lhe tirou o sono nem alterou os hábitos. Miguel Veloso, 20 anos, o mais recente ‘produto’ emergente da ‘cantera’ ‘leonina’, tem gostos simples que o tempo consolidou. Aquele que é uma das grandes revelações da corrente temporada, capaz, imagine-se, de ofuscar o brilho das estrelas do Inter de Milão, gosta de se recolher junto da família – o pai António Veloso, a mãe Teresa e a irmã Raquel, de 10 anos –, com quem ainda hoje vive, paredes meias com o Estádio Nacional, mas, como tantos outros jovens, não dispensa outros prazeres. É um bom garfo, garante Teresa, a mãe, e adora deliciar-se com um bom bacalhau com natas. Fã da PlayStation, não se importa, bem pelo contrário, de passar horas colado à televisão. Bruna, a namorada do jogador, também não é esquecida nos tempos livres do craque.
14 de Setembro de 2006 às 00:00
Aliás, toda a família Veloso a acolheu com mimos. “É como uma filha para nós. Têm a mesma idade e dão-se bem. Casamento à vista? Não... Importante é que gozem a vida”, sustenta Teresa, a matriarca, também ela a viver um sonho, face à ascensão meteórica do filho e também às mágoas que transportou toda uma vida. “Toda a vida ouvi da parte dos técnicos do Benfica que o Miguel não prestava como jogador, por isso imagine como me sinto...”, adianta, antes de avivar memórias de outros tempos. “O Miguel é um miúdo que sempre soube o queria, de convicções fortes”, garante a esposa de António Veloso, antiga glória do Benfica e da selecção nacional.
No recanto do lar, entre os hábitos de uma família unida, Miguel desde há muito descobriu uma paixão especial. A ‘mana’ Raquel, 10 anos, merece toda a atenção do Mundo: “Trata a irmã como se fosse pai dela. É impressionante”, solta Teresa Veloso, envaidecida com a maturidade que o seu Miguel evidencia no campo e fora dele.
LÍDER MORATTI CRITICA LÍDER
O presidente do Inter de Milão, Massimo Moratti, afirmou ontem que a derrota, por 1-0, da equipa italiana frente ao Sporting na primeira jornada da Liga dos Campeões, “não tem qualquer desculpa”.
“Jogámos mal. Sabíamos que a primeira fase é difícil, mas a equipa não tem qualquer tipo de desculpa para esta derrota”, afirmou o responsável máximo do Inter de Milão.
Os ‘nerazurri’ protagonizaram, terça-feira, a maior surpresa da jornada inaugural da Liga dos Campeões, ao perderem, em Lisboa, por 1-0 com o Sporting, numa partida marcada ainda pela expulsão do internacional francês Patrick Vieira. Moratti aproveitou a indisciplina para reforçar as suas críticas à equipa
“Temos de nos comportar melhor no próximo jogo da Liga dos Campeões, embora certos jogadores até tenha estado em bom nível, como o Olivier Dacourt e o Zlatan Ibrahimovic”, referiu Massimo Moratti.
Na próxima jornada do grupo B da Liga ‘milionária’, a 27 de Setembro, o Inter recebe em San Siro o Bayern de Munique, que goleou terça-feira o Spartak de Moscovo por 4-0.
APONTAMENTOS
SOUSA
A grande influência profissional para Miguel Veloso não foi o pai, mas sim o lateral Sousa, hoje jogador do Belenenses. Sousa frequentava a casa de Miguel, quando alinhava nos juniores do Benfica, e ambos estabeleceram uma forte ligação.
BENFICA
A carreira de Miguel Veloso teve início no Benfica, mas foi dispensado ainda como iniciado. O Sporting não perdeu tempo e resgatou-o para Alvalade. Já júnior, o Benfica voltou a tentar contratá-lo. Mas aí foi a vez de Miguel dizer não.
POLIVALÊNCIA
Um dos trunfos de Miguel Veloso neste arranque de época é a sua polivalência, pois tanto pode actuar a central como a médio--defensivo, como fez frente ao Inter. Além disso tem uma característica cada vez mais rara: é esquerdino.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)