Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
7

A equipa vai suportar a pressão e vencer a Liga

No mesmo dia em que a direcção de Soares Franco, através do ‘site’ oficial, emitiu um documento esclarecedor quanto à realidade financeira do clube, ‘justificando’ assim o projecto de alienação de património que o presidente preconiza, o administrador da SAD Rogério de Brito debruçou-se sobre a ponta final de temporada da equipa de Paulo Bento.
10 de Março de 2006 às 00:00
Rogério de Brito enalteceu trabalho de Paulo Bento. 'Estabilizou emocionalmente a equipa', diz
Rogério de Brito enalteceu trabalho de Paulo Bento. 'Estabilizou emocionalmente a equipa', diz FOTO: Pedro Ferreira, Record
E, com apenas dois pontos a separarem o Sporting do líder FC Porto, confiança não falta ao dirigente ‘leonino’. “Esperamos que a equipa suporte a pressão nesta fase final da época. Eu estou convicto que o Sporting vai continuar a percorrer os caminhos do triunfo, até atingir aquele que é, assumidamente, o seu objectivo: a vitória na Liga”, disse, entre elogios à equipa e ao técnico Paulo Bento, o executivo da SAD.
“A grande virtude da equipa técnica, e do treinador Paulo Bento, foi estabilizar emocionalmente a equipa. Hoje, o Sporting joga com garra, mas também com cabeça fria. A equipa sabe o que quer e o que faz dentro de campo”, sustentou Rogério de Brito.
Mesmo com o plantel à margem do reboliço criado pelo clima pré-eleitoral que agita Alvalade, há, na SAD, assuntos (pendentes) que importa resolver. A prorrogação do vínculo de Anderson Polga, garante o dirigente, segue na ordem do dia. “A negociação deverá começar ainda este mês. Polga dá qualidade à equipa. Está num excelente momento, tanto a nível emocional como desportivo, com prestações muito altas. Interessa ao Sporting”, admitiu, confiante num desfecho feliz para o processo: “Não há qualquer tipo de angústia, nem da parte do Sporting nem do jogador”. A situação que envolve Abel – está emprestado pelo Braga até final da temporada e a continuidade custará 750 mil euros à SAD – vai ser analisada. “O Abel tem mostrado qualidade. Estamos contentes e contamos com ele para o futuro”, confirmou.
FRANCO 'APRESENTA' PROJECTO
A direcção do Sporting, para elucidar sócios e preparar a AG de dia 17, emitiu ontem um comunicado intitulado ‘Esclarecimentos para a AG’, no qual dá resposta a 14 questões que explicam a realidade financeira do clube. As dívidas a bancos na ordem dos 237 milhões de euros, aos quais acrescem outras “responsabilidades”, justificam a venda de património, mas o documento, a distribuir pelos sócios no jogo com o Boavista, vai mais além. “Há muita urgência em alienar património. Pelo desvio orçamental que urge colmatar, para o Sporting cumprir os seus compromissos e honrar o seu bom nome”.
Num outro ponto, lembra que a venda de equipamento imobiliário permitirá “negociar com os bancos a retirada da imposição de vender jogadores todos os anos para poder fazer novas contratações”. Franco quer acabar com a obrigação de vender os talentos formados no clube, para aumentar a competitividade da equipa. “Participar na Liga dos Campeões no mínimo duas vezes em cada três anos” é a obrigação assumida.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)