Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
6

À luz do título

O FC Porto pode carimbar de forma especialmente simbólica a conquista do 25º título de campeão nacional do seu historial: se ganhar neste fim-de-semana o jogo frente à Académica, em casa, corre para o Estádio da Luz, na ronda seguinte (3 de Abril), espicaçado pela vontade de assegurar as faixas no terreno do Benfica, rival histórico e segundo classificado.
19 de Março de 2011 às 00:00
Caso o FC Porto empate no Estádio da Luz, no dia 3 de Abril, e desde que ganhe em Portimão na ronda seguinte (ou faça resultado igual ao do Benfica), a festa do título poderá acontecer na 27.ª jornada, em casa, diante do Sporting.
Caso o FC Porto empate no Estádio da Luz, no dia 3 de Abril, e desde que ganhe em Portimão na ronda seguinte (ou faça resultado igual ao do Benfica), a festa do título poderá acontecer na 27.ª jornada, em casa, diante do Sporting. FOTO: d.r.

Seria um facto inédito. Nunca o FC Porto se sagrou campeão no Estádio da Luz (neste ou no antigo), ainda que na quase ‘pré-histórica’ época de 1939/40 tenha conseguido o feito no terreno do Benfica, que então tinha como casa o já desaparecido Campo das Amoreiras.

Os Dragões já fizeram a festa em Alvalade (por duas vezes, 1998/99 e 1994/95) mas na Luz nunca o conseguiram. A oportunidade é rara, até porque as circunstâncias dependem, para além da parte puramente desportiva, de uma coincidência de calendário. Bastava a ordem dos jogos ser a inversa (jogo em Lisboa na primeira volta do Campeonato) para tornar o cenário uma impossibilidade.

Este FC Porto, todavia, persegue outros registos históricos. Não conseguirá superar o feito do Benfica da época 1972/73, que se sagrou campeão invicto com apenas dois empates cedidos. Mas pode igualar essa marca. Terá, contudo, de ganhar os sete jogos que faltam para o final da época. Outro feito que o FC Porto persegue, e que pode alcançar, é ser campeão com a maior vantagem de sempre sobre o 2º classificado. A diferença actual é de 13 pontos.

HELTON PODE BATER RECORDE

Não é fácil, tendo em conta que ainda faltam sete jogos para o Campeonato terminar. Mas é outro dos registos possíveis de alcançar pelo FC Porto nesta época: a melhor defesa de toda a história dos campeonatos portugueses. O recorde – nove golos encaixados – pertence a outra equipa do FC Porto, a de 1983/84, com Vítor Baía entre os postes. Helton, actual titular, tem sete golos sofridos. Difícil mas não impossível. O FC Porto tem ainda a defesa menos batidas de todas as principais ligas europeias.

SAIBA MAIS

MELHOR DE SEMPRE

O FC Porto da época 2002/03 (foto de cima) ganhou o campeonato nacional com 86 pontos. É o melhor campeão da história da liga portuguesa em termos de pontos amealhados.

31

Máximo de vitórias conseguido pelo FC Porto na liga portuguesa (1990/91). O Campeonato tinha então 20 equipas (38 jogos) e os dragões ficaram... em 2.º lugar, atrás do Benfica (32 vitórias).

1

O FC Porto nunca terminou um campeonato invicto. O melhor que conseguiu (1994/95) foi chegar ao fim com uma derrota. Foi campeão nessa época.

IRREDUTÍVEL NO DRAGÂO

Os dois empates cedidos pelo FC Porto, nesta época, foram consentidos fora de casa (Guimarães e Alvalade). Isto significa que nenhuma equipa conseguiu ainda pontuar no Dragão.

fc porto futebol liga campeão
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)