Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto

A pressão maior estará do lado do Benfica

A estreia da Académica na SuperLiga está a entusiasmar os adeptos, prevendo-se casa cheia na recepção ao Benfica. O facto do adversário ser o campeão nacional e de ser mês de Agosto – com muitos emigrantes a passarem férias no país de origem – está a originar a corrida aos bilhetes.
19 de Agosto de 2005 às 00:00
Nelo Vingada quer ver o “estádio cheio” no jogo de amanhã, que antevê “difícil para as duas equipas”. “Queremos começar bem o campeonato. Mesmo sabendo que o Benfica é forte e favorito, vamos tentar ser incómodos”.
Apesar de se prever que a maioria dos adeptos presentes nas bancadas devam ser do clube de Lisboa, Vingada considera que “podemos tirar vantagem dessa situação, uma vez que a pressão maior é do Benfica”, confidenciando ainda que “os jogos não se decidem nas bancadas, mas dentro do relvado”. Os percalços vividos com as lesões e as chegadas tardias de alguns reforços complicaram a vida a Nelo Vingada, que lamenta “não ter sido possível trabalhar, desde o início com todos os jogadores”. Nedkov, avançado búlgaro de 18 anos, continua a trabalhar à experiência junto do plantel de Nelo Vingada, que não pode contar com o lesionado Andrade e o castigado Luciano.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)