Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
1

A3 MAIS DINÂMICO E ELEGANTE

O novo Audi A3 tem tudo para continuar a ser uma das referências no segmento dos compactos desportivos de luxo, e por conseguinte um digno sucessor do modelo que termina uma carreira iniciada em 1996. Vai estar disponível no mercado português a partir da primeira semana de Junho próximo, mas apenas na carroçaria de três portas, já que a de cinco não chegará antes do segundo semestre de 2004.
18 de Maio de 2003 às 00:03
A carroçaria do novo Audi A3 é mais estilizada e de aparência mais atlética
A carroçaria do novo Audi A3 é mais estilizada e de aparência mais atlética FOTO: Direitos Reservados
Dinâmico e elegante, o novo Audi A3 cresceu ligeiramente em relação ao seu antecessor, graças à maior distância entre-eixos (mais 65 mm) e ao aumento da largura (em 30 mm), daí que o habitáculo seja mais amplo, o que permite aos passageiros tanto da frente como dos lugares traseiros desfrutarem de mais espaço e, com isso, de maior comodidade.
O interior também é completamente novo, tendo sido redesenhado muitos dos elementos que o compõem, a começar pelo painel de bordo, onde agora salta à vista as saídas de ar circulares, um pouco ao estilo das de um outro modelo da marca, o Audi TT.
Visto de fora, a carroçaria mais estilizada e de aparência mais atlética não esconde os traços que permitem a rápida identificação do novo Audi A3 com o seu antecessor, mas sem que seja grande esforço de memória para desde logo nos apercebermos de que estamos perante a nova geração deste modelo da marca de Ingolstadt. O desenho mais agressivo e um conjunto de outros pormenores como, por exemplo, a parte da frente, onde sobressaem os grupos ópticos de vidro liso mais modernos e de um estilo muito próprio, são elementos mais do que suficientes para fazerem a diferença e não permitir qualquer confusão.
TRÊS NOVOS MOTORES
Com esta segunda geração chegam ao Audi A3 motores mais potentes, de quatro e seis cilindros, sendo três deles novos na gama: dois a gasolina e um turbodiesel, igualmente da família ‘TDi’ mas de 2.0 litros e dezasseis válvulas. Além disso, há também a assinalar a estreia da nova caixa manual desportiva automatizada DSG, de seis velocidades, que no entanto só estará disponível a partir de meados deste ano.
Na fase de lançamento, a entrada de gama faz-se com o motor a gasolina de 1.6 litros (102 cv), ao qual se juntam dois dos novos propulsores: o 2.0 FSi, também a gasolina de injecção directa e que debita 150 cv, e o turbodiesel 2.0 TDi, de injector-bomba e 16 válvulas, com 140 cv.
Para Setembro estão prometidos mais dois motores, sendo um deles o potente V6 de 3.2 litros (241 cv), a gasolina, e o outro o turbodiesel 1.9 TDi de 105 cv. Em função da mecânica, assim os motores estarão associados a caixas manuais de cinco ou de seis velocidades. Ainda este ano, opcionalmente a automática ‘Tiptronic’. Para as motorizações a gasolina mais potentes e para o 2.0 TDi está disponível a nova caixa desportiva DSG.
Outra das novidades é a direcção electromecânica, de assistência variável em função da velocidade do veículo.
EM SÍNTESE
SÓ TRÊS PORTAS
Tal como sucedeu com a primeira geração, lançada em 1996, inicialmente o novo Audi A3 vai ser comercializado apenas na carroçaria de três portas. As versões de cinco portas deverão ser lançadas no mercado europeu daqui a cerca de um ano, isto é, nunca antes do segundo semestre de 2004.
EQUIPAMENTO
São três os níveis de equipamento propostos no novo Audi A3: Attraction, Ambition (Sport em Portugal) e Ambiente, que de série já oferecem os mais avanços sistemas de ajudas electrónicas, como o ABS com EBD (distribuição electrónica da força de travagem), o ESP, etc. O primeiro e o último destes três níveis inclui jantes de 16 polegadas (pneus 205/55), sendo de 17 polegadas no Ambition (pneus 225/45).
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)