Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto

Abramovich: O amigo dos portugueses

Dono dos ‘blues’ é grande amigo de Jorge Mendes, que tem sido o intermediário de todos os negócios.
12 de Fevereiro de 2011 às 00:00
Abramovich: O amigo dos portugueses
Abramovich: O amigo dos portugueses

Roman Abramovich tem sido um dos principais investidores do futebol português. O magnata russo já gastou mais de 132,5 milhões de euros em jogadores que alinharam no futebol português. FC Porto e Benfica foram os grandes beneficiados, com os dragões à cabeça. Na época em que foi campeão europeu, o FC Porto acabou por negociar Paulo Ferreira, Ricardo Carvalho e José Mourinho, que juntos renderam quase 60 milhões de euros, juntando-se ainda Tiago, que estava no Benfica. Estes negócios tiveram intermediação de Jorge Mendes, grande amigo de Abramovich.

O russo teve imediato retorno e nessa época o Chelsea foi campeão. Mourinho guiou os londrinos a um título que lhes escapava há 51 anos. Foi na época 2004/2005.

A então equipa mais portuguesa de Inglaterra foi-se desmembrando. O primeiro a sair foi Tiago, depois Mourinho foi despedido e no início desta época saiu Ricardo Carvalho.

Pelo meio entrou Hilário e depois Bosingwa, em 2008/2009, ao mesmo tempo que Scolari, vindo da Selecção de Portugal. E Deco (internacional português) foi contratado ao Barcelona.

O Chelsea tinha estado três anos sem conquistar o título e quando Abramovich voltou a apostar no mercado nacional, teve novo título de campeão na época passada - com Bosingwa a titular no lado direito.

Houve mais portugueses com passagens pelo Chelsea, alguns deles na segunda equipa: Quaresma, Nuno Morais, Filipe Oliveira, Fábio Paim, Fábio Ferreira, Ricardo Fernandes e até Fábio Coentrão, que apareceu vindo do Rio Ave a treinar à experiência nos londrinos, mas não ficou. Se fosse hoje...

MOURINHO FOI O PIONEIRO

Mourinho foi o primeiro português a ir para o Chelsea – chegou ao clube no Verão de 2004. Por ele, Abramovich pagou seis milhões de euros, valor inscrito na cláusula de rescisão com o FC Porto. Mourinho levou três portugueses para a equipa técnica (Rui Faria, Villas-Boas e Silvino Louro e ainda o brasileiro Baltemar Brito). Ganhou dois campeonatos consecutivos pelos londrinos, num total de sete troféus.

Ver comentários