Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
3

Académica: “É o melhor prémio de todos”

A Taça de Portugal sai do Jamor "embrulhada" nas capas negras de Coimbra e a festa é da Académica, este domingo, após derrotar na final o Sporting, por 1-0, com um golo de Marinho logo no início do jogo.
20 de Maio de 2012 às 20:29
Equipa vencedora vibrou com a taça nas mãos
Equipa vencedora vibrou com a taça nas mãos FOTO: José Manuel Ribeiro/Reuters

O treinador Pedro Emanuel não escondeu a alegria: "O grupo de trabalho foi fantástico, depois de ter passado por momentos difíceis. Deram um pouco a volta e isto é uma prenda fantástica que querem dar ao clube, à cidade, às pessoas. É o melhor prémio de todos.”

Emanuel agradeceu ainda o esforço da sua equipa: “Temos que dizer objectivamente que não tínhamos percurso nem a capacidade do oponente, mas os jogadores fizeram das fraquezas forças e estão de parabéns.”

Já Marinho, autor do golo da vitória, sublinhou: "São momentos que não dão para descrever. É uma alegria ver esta massa de adeptos, não há campeões sem sofrer, é preciso passar por eles, pelos momentos menos bons, para dar valor a estes.”

“Não sei descrever o golo, era um sonho de menino: chegar aqui, vencer e ainda mais fazer um golo. Não há palavras”, acrescentou.

Com um bem acertado esquema táctico no sector recuado, a Académica chegou ao golo logo aos quatro minutos e depois teve o talento, e alguma sorte, para fazer manter o marcador sem mais alteração, até que se cumprisse a hora e meia de jogo.

Depois de ter estado "com um pé" na Liga de Honra, após uma série "negra" sem vencer, a Académica fecha a época de novo em nota alta, conquistando pela primeira vez a Taça no Jamor, depois de ter ganho a primeira edição em 1939, nas Salésias, ainda o Estádio Nacional não estava construído.

académica pedro emanuel taça de portugal sporting briosa marinho coimbra
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)