Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
4

Ações do Sporting disparam mais de 29%

Situação atual do clube é bastante incerta.
13 de Junho de 2018 às 16:32
Bruno de Carvalho
Bruno de Carvalho
Bruno de Carvalho
As ações da SAD do Sporting subiram 29,51% para 0,79 euros, tendo trocado de mãos 3.204 ações esta sessão. Um volume que supera a média diária dos últimos seis meses (1.629).
Este desempenho surge numa altura de grande incerteza dentro do clube de futebol, com vários jogadores da equipa principal a apresentarem pedidos de rescisão de contrato, alegando justa causa, e a liderança do clube sob pressão. 

A comissão de fiscalização, nomeada pela Mesa da Assembleia Geral do Sporting Clube de Portugal (SCP), decretou esta quarta-feira, 13 de Junho, a "suspensão preventiva com efeitos imediatos" dos membros do conselho directivo do clube, liderado por Bruno de Carvalho.

Já o conselho directivo alega que a comissão de fiscalização não tem esse poder. E Bruno de Carvalho diz que "amanhã lá estaremos a trabalhar normalmente".

Em cotadas como o Sporting, que têm pouca liquidez ou pouca dispersão em bolsa, a negociação não é contínua, mas sim por chamada. Ou seja, as ordens só entram duas vezes por dia: uma às 10h30 e outra às 15h30. 

Se as ordens que tiverem entrado corresponderem a uma variação superior a 10% face à última negociação (a partir da qual é espoletado o travão automático), as acções ficam congeladas.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)