Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
7

Adeptos portistas não pagam contas

Adeptos do FC Porto, envergando adereços alusivos à sua paixão pelo clube azul-e-branco, provocaram, na madrugada e noite de ontem, distúrbios em vários locais de Albufeira, em particular na zona baixa da cidade, obrigando à intervenção da GNR. Não ocorreram detenções e nenhum dos comerciantes lesados apresentou queixa.

17 de Agosto de 2008 às 00:30
Adeptos do FC Porto provocaram distúrbios em vários locais de Albufeira (Algarve)
Adeptos do FC Porto provocaram distúrbios em vários locais de Albufeira (Algarve) FOTO: Nuno Eugénio

"Esteve aqui há pouco um grupo de 12 ou 13 adeptos do FC Porto. Pediram o que quiseram mas foram embora sem pagar...", queixa-se Dinis Mourão, proprietário do snack-bar 7 ½, na Baixa de Albufeira.

"Não, não vou apresentar queixa; será uma perda de tempo... Terei de ir ao quartel várias vezes, sem qualquer resultado prático. O prejuízo está feito e é uma pena este tipo de comportamentos, independentemente dos clubes do coração de cada um", acrescentou.

Na Oura registaram-se problemas idênticos na madrugada e na manhã de ontem. "Insultaram as pessoas e levaram vários produtos sem pagar", refere Iury Ivanov, russo que trabalha num bar da zona. "Ainda os tentei impedir de levarem umas bebidas mas ameaçaram-me e desisti."

Uma força da GNR acompanha em permanência o grupo de adeptos portistas que se encontram alojados no parque de Campismo de Albufeira.

"Na madrugada andavam por aí aos gritos e a insultar as pessoas. A Guarda ainda correu com alguns deles mas daí a pouco voltavam por outra rua", adiantou João Narciso, morador na parte baixa de Albufeira. "O barulho é sempre muito nesta altura do ano mas ontem foi de mais devido a essa gente do futebol", concluiu.

 

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)