Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
2

Advogado de Jesus diz que suspeitas resultam de “desinformação”

O advogado do treinador de futebol do Benfica, Jorge Jesus, garantiu esta segunda-feira que as suspeitas sobre a transferência do guarda-redes Júlio César do Belenenses para o Benfica foram causadas por desinformação.
30 de Maio de 2011 às 19:18
Advogado diz que Jorge Jesus, que já negou ter recebido qualquer comissão na transferência, está arrasado emocionalmente
Advogado diz que Jorge Jesus, que já negou ter recebido qualquer comissão na transferência, está arrasado emocionalmente FOTO: Vasco Neves

Revelando que Jorge Jesus, que já negou ter recebido qualquer comissão na transferência, está arrasado emocionalmente com as marcas que este episódio podem deixar na sua imagem e no seu prestígio, Luis Miguel Henrique assegurou que o valor do negócio realizado em 2009 foi de um milhão de euros.  

O advogado, ligado também à empresa que detinha parte dos direitos do futebolista, explicou que o Belenenses apenas recebeu metade, porque o restante pertencia à Sclub, do investidor João Cristo, que, no entanto, acabou por receber apenas 400 mil euros por ter querido receber em dinheiro e não em letras.  

Segundo Luís Miguel Henrique, deste montante, 25 mil ainda ficaram cativos pelo Benfica para eventuais pagamentos de formação ao clube brasileiro Botafogo. 

Luís Miguel Henrique é advogado da empresa que concretizou a transferência de Júlio César para o Belenenses, então denominada Silversharp e depois rebaptizada Sclub, nome sob o qual já tomou conta do negócio com o Benfica. 

benfica slb águias jorge jesus belenenses luís miguel henrique
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)