Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
7

Agressor de treinador detido

A Polícia espanhola deteve ontem o presumível autor do arremesso de uma garrafa que deixou o treinador do Sevilha, Juande Ramos, inconsciente durante os quartos-de-final da Taça do Rei, entre o Bétis e o Sevilha, disputado a 28 de Fevereiro.
14 de Março de 2007 às 00:00
Juande Ramos foi atingido por uma garrafa e perdeu os sentidos
Juande Ramos foi atingido por uma garrafa e perdeu os sentidos FOTO: Reuters
Ángel R. de 30 anos, foi identificado como sócio do Bétis e prestou declarações, tendo sido apontado como o principal suspeito do incidente, ocorrido ao minuto 57 quando o técnico festejava o golo de Kanouté.
O Bétis já veio a público afirmar que expulsará o indivíduo do clube e pondera mesmo agir judicialmente.
“Se é, como parece, um sócio nosso, vamos actuar imediatamente para retirar-lhe o seu cartão de acesso ao estádio e abriremos um processo por danos causados ao clube”, garantiu Blas Ballesteros, porta-voz do clube.
Entretanto, os cerca de 30 minutos que ainda faltam disputar da partida serão jogados a 20 de Março, à porta fechada, no Estádio do Getafe, por imposição da Federação espanhola, que rejeitou a pretensão do Sevilha de antecipar a partida. Recorde-se que a Federação puniu o Bétis com a realização de três jogos à porta fechada.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)