Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
1

Águia de pólvora seca empata com o Sporting

Desconcerto de apito só encontra paralelo no desacerto dos avançados do Benfica na hora de rematar à baliza.
Octávio Ribeiro(octavioribeiro@cmjornal.pt) 4 de Janeiro de 2018 às 01:30
As imagens que marcaram o Benfica-Sporting
As imagens que marcaram o Benfica-Sporting
As imagens que marcaram o Benfica-Sporting
As imagens que marcaram o Benfica-Sporting
As imagens que marcaram o Benfica-Sporting
As imagens que marcaram o Benfica-Sporting
As imagens que marcaram o Benfica-Sporting
As imagens que marcaram o Benfica-Sporting
As imagens que marcaram o Benfica-Sporting
As imagens que marcaram o Benfica-Sporting
As imagens que marcaram o Benfica-Sporting
As imagens que marcaram o Benfica-Sporting
As imagens que marcaram o Benfica-Sporting
As imagens que marcaram o Benfica-Sporting
As imagens que marcaram o Benfica-Sporting
As imagens que marcaram o Benfica-Sporting
As imagens que marcaram o Benfica-Sporting
As imagens que marcaram o Benfica-Sporting
As imagens que marcaram o Benfica-Sporting
As imagens que marcaram o Benfica-Sporting
As imagens que marcaram o Benfica-Sporting
As imagens que marcaram o Benfica-Sporting
As imagens que marcaram o Benfica-Sporting
As imagens que marcaram o Benfica-Sporting
As imagens que marcaram o Benfica-Sporting
As imagens que marcaram o Benfica-Sporting
As imagens que marcaram o Benfica-Sporting
As imagens que marcaram o Benfica-Sporting
As imagens que marcaram o Benfica-Sporting
As imagens que marcaram o Benfica-Sporting
As imagens que marcaram o Benfica-Sporting
As imagens que marcaram o Benfica-Sporting
As imagens que marcaram o Benfica-Sporting
As imagens que marcaram o Benfica-Sporting
As imagens que marcaram o Benfica-Sporting
As imagens que marcaram o Benfica-Sporting
As imagens que marcaram o Benfica-Sporting
As imagens que marcaram o Benfica-Sporting
As imagens que marcaram o Benfica-Sporting
As imagens que marcaram o Benfica-Sporting
As imagens que marcaram o Benfica-Sporting
As imagens que marcaram o Benfica-Sporting
As imagens que marcaram o Benfica-Sporting
As imagens que marcaram o Benfica-Sporting
As imagens que marcaram o Benfica-Sporting
Há três razões que explicam este empate injusto cedido pelo Benfica, após a sua melhor exibição da época. A primeira é o valor do adversário, que, numa noite má do seu meio-campo, consegue a espaços pôr em sentido a defesa contrária, graças à precisão de passe de Bruno Fernandes e à velocidade de Gelson, e que mostra ter uma grande afinação defensiva. Aos 18’, num dos seus raros ataques, o Sporting passa para a frente do marcador com um golo de Gelson, de cabeça, após ressalto de um centro disparado por Coentrão.

A segunda razão para este empate é o desacerto dos artilheiros benfiquistas no momento do remate. Nos tiros feitos com os pés, por Jonas, Krovinovic, Cervi e companhia, todos são de pólvora seca. De tal modo que Rui Patrício não defende, limita-se a recolher bolas, como quem levanta um bebé nos braços.

A terceira razão é a mais grave e profunda. O Benfica está a ser vítima da intensa campanha motivada por uma corja perigosa que Vieira deixou instalar no clube. Só um extremo condicionamento do trabalho do árbitro, devido aos célebres emails, pode justificar que dois lances indiscutíveis de penálti (aos 34’, Coentrão estica o braço direito na área para travar um remate, a bola bate-lhe na face e vai ao braço esticado; e aos 61’, Piccini faz clara mão na bola) não mereçam avaliação justa, nem do árbitro, nem, vergonha maior, do vídeo-árbitro. Também aos 74’, William joga a bola com a mão na sua área. Aqui aceita-se a decisão, pois Jiménez está a carregar o médio.

O Benfica mostra o melhor futebol da época, perante o seu fervoroso público, anula o Sporting no meio-campo. Vai sempre em crescendo e melhora ainda quando Pizzi sai de campo (56’) e Krovinovic passa a ter mais espaço para provar que tem todas as qualidades para ser o verdadeiro patrão do futebol do Benfica. As substituições mostram a vontade dos dois técnicos: Rui Vitória procura os golos que a sua equipa já deve a si própria e Jorge Jesus dá sinais de contenção para tentar salvar a vitória injusta.

O empate chega aos 90’, quando o árbitro Hugo Miguel decide finalmente tomar uma decisão acertada a propósito de mais uma mão na área. Desta vez é um bom remate de Rafa que embate em cheio na mão de Battaglia. Com muita calma, Jonas marca o penálti. Nos minutos de descontos, o Benfica ainda procurou o golo. Sem pontaria. 

Jonas marca ao Sporting 
Jonas conseguiu finalmente marcar um golo ao Sporting. O avançado brasileiro, melhor marcador da Liga (agora com 19 golos), nunca tinha marcado nos cinco dérbis anteriores. Marcou de penálti.

ANÁLISE 
Grande dérbi
O melhor do futebol são os protagonistas reais. E a paixão dos adeptos. Treinadores e jogadores estão à altura dos pergaminhos deste jogo eterno. Krovinovic mostra o melhor, mas muitos brilham em grandes momentos coletivos, só estragados pela terceira equipa em campo. Uma pena.

William e companhia
O meio-campo do Sporting desaparece em combate. William perde na comparação com Fejsa. O Benfica domina o miolo, apesar de Pizzi estar uma imitação barata do grande Pizzi do passado. O Benfica desperdiça golos e vê evaporar penáltis. Tudo obra da vitória no centro.

Uma vergonha
Uma vergonha ver lances em cima de lances mal decididos. Lances que podem ser decisivos. São mãos para penálti. O que Hugo Miguel fez, nesta noite na Luz, deve levar a uma ponderação sobre a utilização das imagens para juízo final. Não podia ter ido ver com os seus olhos?

Empate entre rivais na luz isola FC Porto na tabela 
Benfica e Sporting anularam-se no dérbi ontem realizado no Estádio da Luz, resultado que permite ao FC Porto isolar-se no topo da classificação da Liga. Os dragões têm agora dois pontos de vantagem sobre os leões e cinco sobre as águias.

O Benfica está mais longe do primeiro lugar, enquanto o Sporting segue no encalço da equipa azul-e-branca. A formação de Alvalade, tal como o FC Porto, mantém-se sem derrotas neste campeonato. 
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)