Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
9

Alonso pôs a Espanha em estado de euforia

Toda a Espanha vibrou de patriótico entusiasmo com o título de campeão mundial de Fórmula 1 conquistado por Fernando Alonso, feito comemorado de lés-a-lés do país em manifestações a que aderiram milhares de pessoas.
27 de Setembro de 2005 às 00:00
Os festejos apoderaram-se de Espanha assim que Alonso cortou a meta no Brasil
Os festejos apoderaram-se de Espanha assim que Alonso cortou a meta no Brasil FOTO: Eloy Alonso Gonzales (Reuters)
O campeoníssimo alemão Schumacher reconheceu o mérito da vitória conseguida pelo espanhol após o terceiro lugar no GP do Brasil, apressando-se a felicitá-lo: “Parabéns Fernando. És um digno campeão do mundo, bem vindo ao clube”, ao mesmo tempo que lhe lançou um desafio ao acrescentar que “talvez seja Fernando que no próximo ano tenha de felicitar-me”.
Fernando Alonso, aos 24 anos, tornou-se no mais jovem piloto a conquistar um Mundial de F1, destronando Emerson Fittipaldi, que alcançou o seu primeiro título quando tinha 25 anos. “A sua maturidade é incrível e possui um talento natural, mas é cedo para saber se Fernando chegará ao nível de Shumacher”, comentou Fittipaldi.
A Imprensa mundial rendeu-se ao jovem piloto espanhol, em particular a do seu país, dedicando grande parte das suas páginas àquele a quem já apelidam de ‘Príncipe das Astúrias’, dada a sua condição de asturiano (é natural de Oviedo).
‘Campeão’ e ‘Torero’ foram as manchetes dos desportivos ‘AS’ e ‘Marca’ e o ‘El País’ revela que o rei de Espanha, numa chamada para o telemóvel de Alonso, lhe disse “hoje é um dia extraordinário para todos os espanhóis”.
Na China, o diário ‘Titã’ escreveu: “Nasceu o novo rei Alonso”.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)