Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
4

André Villas-Boas arruma a casa

André Villas-Boas começa a definir a partir de amanhã o plantel do FC Porto com que irá trabalhar na nova época. O treinador dos dragões vai debruçar-se sobre contratações e dispensas, sendo certo que não tenciona contar com Sapunaru, lateral-direito romeno que tem propostas, nomeadamente do PAOK de Salónica, da Grécia.
13 de Junho de 2010 às 00:30
Villas-Boas define as escolhas
Villas-Boas define as escolhas FOTO: D.R.

Certo é o regresso de Castro, médio que na última época esteve emprestado pelo FC Porto ao Olhanense. O novo técnico dos azuis-e-brancos deverá trabalhar com um máximo de 25 jogadores. A situação de Farías ainda não é clara, uma vez que Villas-Boas já terá admitido que gostaria de contar com o ponta-de-lança argentino, cobiçado no seu país por River Plate e Estudiantes.

Também incerta está a continuidade de Bruno Alves. O Lyon pondera fazer uma oferta pelo capitão portista, que entende estar na hora de tentar uma experiência profissional fora do País. Os dragões já adquiriram Sereno e têm Rodriguez na mira.

Ver comentários