Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
3

André Villas-Boas quer manter "pés na terra"

André Villas-Boas pediu esta quinta-feira ao FC Porto para manter os "pés na terra", lembrando que ainda há muito por fazer para chegar à final da Liga Europa, apesar do triunfo por 5-1 frente aos espanhóis do Villarreal.
28 de Abril de 2011 às 22:56
Treinador do FC Porto conseguiu reviravolta e acabou por golear adversário
Treinador do FC Porto conseguiu reviravolta e acabou por golear adversário FOTO: José Coelho/Lusa

"É importante manter os pés na terra. O ambiente fora é outro. O desejo e sonho alimenta ainda os jogadores do Villarreal. Foi um bom primeiro passo que esperamos concretizar na segunda mão", disse o treinador, em entrevista à Sport TV, após o jogo da primeira mão das meias-finais.  

Cauteloso, Villas-Boas deixou o aviso: "Não podemos cair na ilusão do trabalho feito. Resultados 'feitos' foram invertidos em muitas situações." 

"Falcão é um goleador fantástico. Todos estes golos são fruto do talento e perspicácia dos jogadores e dos critérios que têm em jogo", concluiu, referindo-se aos quatro golos marcados pelo colombiano. 

Falcão diz que vitória foi "trabalho de todos"

Por seu lado, Falcão falou em "grande vitória" e destacou a reacção da equipa: "A perder 1-0, a equipa nunca caiu. Pudemos reagir rapidamente. Na segunda parte o trabalho de todos foi fundamental para dar a volta ao resultado."  

"Sinto muita alegria. Foi uma grande vitória do FC Porto. E a primeira vez que marco quatro golos. É uma noite sonhada que não vou esquecer. Estou agradecido ao grupo e à instituição FC Porto que tem feito com que eu cresça. Tenho ainda muito para melhorar", concluiu.  

Guarín, que marcou o segundo golo dos portistas (2-1), destacou "a forma como o FC Porto deu a volta ao resultado com golos e bom futebol". 

"Ainda não nos imaginamos na final, mas é lindo sonhar. Temos isso sempre presente", concluiu.  

FC Porto Villarreal Liga Europa Falcão Guarín André Villas-Boas
Ver comentários