Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
8

ANGEL EDO 2º PELA DÉCIMA PRIMEIRA VEZ

A 5.ª etapa da Volta a Espanha em bicicleta, ganha pelo italiano Alessandro Petacchi (F. Bortolo), que ligou Sória a Saragoça, num total de 166,7 quilómetros, trouxe mais um segundo lugar – o 11.º na presente época – para o ciclista espanhol da Maia/Milaneza, Angel Edo.
11 de Setembro de 2003 às 00:00
Angel Edo (à direita) continua a somar segundos lugares
Angel Edo (à direita) continua a somar segundos lugares FOTO: Franck Fife
“É o meu 11.º segundo lugar esta época e não há nada a fazer. Mesmo assim estou satisfeito tal como a equipa”, referiu Edo no final da etapa.
Quanto ao percurso da tirada, o corredor da Maia/Milaneza adiantou que “foi um bom trajecto muito embora a última curva antes da meta tenha sido complicada. Entrei bem com mais quatro homens da Fassa Bortolo, tentei a vitória, mas a supremacia deles foi evidente com a vitória de Petacchi, que é difícil de bater nestas circunstâncias”, disse.
De facto, o italiano esteve bem acompanhado pelos colegas de equipa que o lançaram para a vitória, a sua segunda na ‘Vuelta’. Petacchi já tinha entrado para a história do ciclismo mundial na passada segunda-feira, quando venceu a terceira etapa da prova espanhola, tornando-se no primeiro ciclista, desde 1958, a vencer no mesmo ano pelo menos uma etapa nas três grandes competições velocipédicas mundiais (Vuelta, Tour de França e Giro de Itália).
Quanto ao espanhol Isidro Nozal (ONCE), que na véspera tinha arrebatado a camisola dourada, símbolo de líder, ao seu compatriota, e companheiro de equipa, Joaquim Rodriguez, continua a comandar a classificação geral.
BOAVISTA EM PRIMEIRO NO 'TOUR'
A formação do Carvalhelhos Boavista conseguiu, ontem, na sétima etapa do ‘Tour’ de França do Futuro, ascender à liderança daquela prova. À semelhança do que se verificou na etapa anterior, o espanhol Gustavo Cesar Veloso e o australiano Ben Day, estiveram em bom plano, ao terminarem na 16.ª e 17.ª posições, respectivamente. Ambos os ciclistas cortaram a meta 38 segundos depois do vencedor, o francês Christophe Edaleine.
De registar que num dia em que o pelotão registou oito desistências e em que dois ciclistas nem chegaram a partir, a equipa do Boavista logrou permanecer completa.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)