Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
2

Angola de mão quente

Mais uma demonstração de força e pontaria colocou a selecção de Angola nos oitavos-de-final do Mundial de basquetebol masculino, a decorrer no Japão.
22 de Agosto de 2006 às 00:00
Com a conquista do terceiro triunfo em outros tantos jogos – ontem foi a vez da Nova Zelândia sair derrotada, por 95-73 – os ‘palancas’ já asseguraram um lugar entre os 16 que passam à fase seguinte, mesmo quando ainda têm dois jogos por disputar na fase de grupos (Espanha e Alemanha). Além de que os eventuais adversários nos ‘oitavos’ estão em alerta para o crescendo de forma e pontaria dos africanos.
Eduardo Mingas, Jogador Mais Valioso nas últimas três épocas em Angola, voltou a mostrar o porquê do seu estatuto. Das suas mãos saíram 27 pontos e foram conquistados 12 ressaltos, mas contou ainda com a ajuda dos 20 pontos de Joaquim Gomes, para ‘carregar’ Angola a mais um triunfo. E Vítor Carvalho, de 37 anos, lançou as grandes ‘bombas’ de três, encestando quatro em cinco tentativas.
“Estou muito feliz. Os meus jogadores trabalharam bem, estiveram brilhantes a defender e isso foi muito importante para o desfecho”, disse o seleccionador africano, Alberto Carvalho. Angola defronta amanhã a poderosa Espanha.
ESPANHA E ARGENTINA EM FRENTE
Na viagem de ontem rumo aos ‘oitavos’, Angola teve a companhia de dois favoritos ao título: Espanha e Argentina, que assim mantêm o pleno na prova.
A Espanha não teve dificuldades em desenvencilhar-se da Alemanha, por 92-71, vingando a derrota nas ‘meias’ do Euro 2005, muito por culpa dos 20 pontos de José Manuel Calderón.
Intocáveis estiveram igualmente os argentinos, campeões olímpicos, que não tiveram problemas em ‘esmagar’ a vizinha Venezuela por 96-54.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)