Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
7

Apanha-bolas marca golo e árbitra valida o lance

Um insólito episódio está a prender a atenção dos meios desportivos brasileiros. Num jogo disputado em São Paulo, após falhanço de um atacante, um dos apanha-bolas foi buscar a dita fora do campo, enfiou-a às pressas para dentro da baliza e, para espanto de todos, a juíza validou o golo.
13 de Setembro de 2006 às 00:00
Tudo aconteceu durante o jogo Santacruzense-Atlético Sorocabano, a contar para a Taça Federação Paulista. Aos 89 minutos, quando a sua equipa perdia por 0-1, Samuel, do Santacruzense, rematou de longe em direcção à baliza do Atlético, mas a bola foi para fora. Inesperadamente, um dos apanha-bolas entrou em campo com a redondinha e atirou-a para dentro da baliza, para espanto e gargalhada geral da assistência.
O espanto foi maior ainda quando a árbitra Sílvia Regina Oliveira, que apita na I Divisão, validou o golo. Pressionada pelos protestos, a juíza foi consultar um dos fiscais-de-linha, que ratificou a decisão. E a partida terminou mesmo empatada em 1-1. O caso vai agora vai ser analisado pelas instâncias federativas. Marcos Marinho, presidente da comissão de arbitragem da Federação Paulista, já requisitou a fita de vídeo com as imagens da partida, mas não deu muitas esperanças de que o golo seja anulado. É provável que a juíza seja punida, mas dificilmente o resultado será alterado, garantem fontes federativas.
Este episódio traz à memória uma situação idêntica, ocorrida num FC Porto-Sporting, em 1975, quando numa noite de intenso nevoeiro o portista Gomes rematou à malha lateral, pelo lado exterior da baliza de Damas, e um apanha-bola levantou a rede, que estava mal presa, enfiando a bola dentro da baliza. O árbitro Alder Dante validou o golo, mas o Sporting ganhou por 3-2.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)